Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Empresas e produtores aderem em defesa das cabeceiras do pantanal
Data:15/09/2018 - Hora:08h45
Empresas e produtores aderem em defesa das cabeceiras do pantanal
Reprodução

Cinco empresas e uma associação da região de Tangará da Serra passaram a fazer parte do Pacto em Defesa das Cabeceiras do Pantanal. São elas a SLC Agrícola, Fazenda São Marcelo (Grupo Carrefour), a Cooperativa de Crédito Sicredi, a Cooperativa C-Vale de Diamantino, o Instituto Sociocultural Pontal do Sepotuba, e um clube de Rotary da região.

O compromisso foi firmado em evento promovido pelo WWF-Brasil, em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Instituto Pantanal Amazônia de Conservação (IPAC), que reuniu o grupo gestor do Pacto e os novos signatários para avaliar e discutir novas ações em prol da preservação das micro-bacias da região.

 O Pacto é uma aliança da qual o WWF-Brasil faz parte, que pretende recuperar 700 quilômetros de rios e nascentes de uma área percorrida pelo rio Paraguai e afluentes como Sepotuba, Cabaçal e Jauru. Atualmente, 146 nascentes estão em estado de conservação. Além das novas adesões ao Pacto, a região de Tangará da Serra tem recebido ações em prol das micro-bacias de municípios da região, como adequações de estradas, drenagem de águas pluviais e recuperação de bacias,visando a melhor infiltração da água no solo, diminuindo assoreamento e promovendo a melhoria das bacias hidrográficas locais.

Segundo Breno Melo, analista de conservação do Programa Cerrado Pantanal do WWF-Brasil, alguns dos trabalhos feitos em Tangará da Serra são na bacia do Rio Queima Pé.   Para o presidente do IPAC e consultor ambiental do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CEHIDRO/MT), Décio Eloi Siebert, entender as necessidades das comunidades que vivem próximas às micro-bacias é fator decisivo para que as ações do Pacto sejam eficientes.

“É preciso primeiramente entender os problemas e interesses das comunidades dessas micro-bacias para depois ampliarmos nossas ações. Hoje, trabalhamos guiados pelo entendimento dos anseios da comunidade e o que entendem como prioridade para a melhoria da região”, afirma. 

Além dos trabalhos realizados na região de Tangará da Serra, novas ações que visam a melhoria da capacidade técnica dos municípios da região do Alto Paraguai estão previstas para Mato Grosso, como cursos de topografia nos municípios abrangidos pelo Consórcio Alto Rio Paraguai, a serem Alto Paraguai, Arenápolis, Barra do Bugres, Denise, Diamantino, Nortelândia, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Porto Estrela, Santo Afonso e Tangará da Serra, todos localizados na área de abrangência do Pacto.




fonte: Assessoria



anuncie AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
Parabenizamos o pequeno Samuel Maciel, que ontem festejou seu primeiro aniversário envolto ao carinho dos papais Wellyngton Maciel e Darlene Floriano e da vovó Isabel. Desejamos que continue crescendo forte e saudável, e que a felicidade se multiplique por muitos anos. Feliz Niver!!! Em contagem regressiva para a chegada do primeiro baby o casal Vander Sousa e Janaína Sedlacek que não se cabem de felicidade e ansiedade para o dia tão esperado. Estamos na expectativa também já desejando um bom parto a futura mamãe. Abraço especial a supervisora pedagógica do Colégio Salesiano Santa Maria, Fabíola Campos Lucas, que desenvolve um trabalho digno de registro. Educadora nota mil que merece nosso respeito.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados