Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Ministério aponta que maioria dos partos em MT são cesáreas
Data:12/09/2018 - Hora:08h26
Ministério aponta que maioria  dos partos em MT são cesáreas
Ilustrativa

Levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde aponta que em Mato Grosso 60% dos partos são cesáreas, contrapondo-se à recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é que apenas 15% dos partos tenham interferência.

Nos últimos 20 anos, o número de mulheres que optaram em fazer o parto cesariana aumentou. O Brasil ocupa a segunda colocação na classificação mundial entre os países que mais realizam o parto cesariana, de acordo com o Ministério da Saúde.

Segundo a presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-MT), Maria de Fátima Ferreira, o parto cesárea é realizado a pedido da paciente. Ela explicou que muitas mulheres têm medo das dores do parto normal. "Os partos cesariana, geralmente são indicados pela paciente. A maior parte dessas mulheres sente medo do parto normal", disse.

A cirurgia que deveria ser realizada apenas em casos de risco para a mãe ou bebê se tornou uma cirurgia eletiva. O parto humanizado conhecido também como parto normal respeita as decisões da gestante e é oferecido pelo Sistema Único de Saúde.

A enfermeira obstetra Vanusa Cristina Pinto explicou que o parto humanizado é acompanhado desde o pré-natal da gestante. "É feito esse acompanhamento para que tenha a menor intervenção possível, porque geralmente elas podem acarretar um risco maior para a mãe e o bebê", contou.

Deve-se levar em conta que, em parte dessas cesáreas, a situação já era emergencial e mais arriscada. Mas o aumento do agendamento desse tipo de parto torna o índice preocupante.

A cesárea é uma cirurgia e pode gerar hemorragia, infecções e danos a órgãos internos da gestante, sem que a necessidade de assumir o risco dessas complicações.

O parto normal traz benefícios para o bebê e a mãe. Durante o parto, a mãe produz os hormônios oxitocina, que estudos indicam serem capazes de proteger o recém-nascido de danos no cérebro e ajudar no amadurecimento cerebral, e prolactina, que favorece a amamentação.




fonte: G-1 MT com Redação



AREEIRA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Abrindo nossa High Society neste dia a linda Fernanda Emilie Ferreira Lima que completa mais um ano de vida recebendo o carinho especial dos familiares, amigos e do namorado Aderbal Michelis. Desejamos que essa nova fase venha com a felicidade que você merece, para que continue contagiando a todos com seu bom humor. Que esse seja só mais um de bons anos que virão. Feliz aniversário!   Sempre atento as notícias mais mais da Princesinha,  Francisco Vieira ao lado da competente equipe do grupo Park dos Ipês,  que acompanham todas as manhãs nosso trabalho. Agradecemos a preferência e desejamos uma ótima quarta-feira.   Registramos trocando de idade amanhã o economista Wilson Carlos Fua a quem enviamos os mais sinceros votos de felicidades e muitos anos de vida. Na foto com a esposa Maria da Conceição (Lola).
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados