Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Educação sem Fundo
Data:09/08/2018 - Hora:08h19
Educação sem Fundo
Reprodução Web

O governo de Mato Grosso chega a gastar dez vezes mais com um preso do que com um aluno por mês. Enquanto o custo mensal com um único detento chega a ser de até R$ 5 mil, o investimento em um estudante é de R$ 500 por mês, em média. Este R$ 500,00 seria geral, total mesmo, porque esta semana, o presidente do Colegiado de Diretores Dimas Antônio Silva, disse que cada escola recebe somente R$ 68,00 por aluno ao longo do ano para despesas de custeio, como gás de cozinha para a cantina, papel higiênico, entre outros. O complemento para se chegar a merreca de R$500, englobaria, merenda, kit escolar e uniforme, (em Cáceres, o kit-uniforme é bancado pela prefeitura), sempre em atraso de repasse, motivo da paralisação por um dia dos diretores esta semana e necessária, pois a Seduc cedeu a pressão e parte do atraso será liberada até a próxima segunda feira. Conforme a lei que instituiu o fomento pelo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica, o governo federal repassa a complementação aos estados e respectivos municípios que não alcançam com a própria arrecadação o valor mínimo nacional por aluno estabelecido a cada ano. O repasse do Fundeb é feito aos municípios com base no número de alunos da educação infantil e do ensino fundamental, de acordo com os dados do último censo escolar. Aos estados, é feito com base no número de alunos do ensino fundamental e médio. Por outro lado, os valores gastos com cada preso/mês segundo a Sejudh-MT, variam entre R$ 3 e R$ 5 mil ao mês, (dados de 2017). Entram nessa conta do sistema prisional despesas com alimentação, saúde, escola e custos de manutenção, como energia elétrica e água. Os presos ainda tem como ônus, serviços médicos, odontológicos, farmácia, etc. Nada contra gastar com o preso, mesmo porque como advogado, sempre defendemos aquilo que está preconizado na lei de execuções penais, (nem sempre cumprida), apenas discordamos na diferença de valores entre segurança e educação. Veja, que enquanto cada estudante do ensino médio ou fundamental custa ao governo cerca de R$ 500, um detento pode custar de R$ 3 a R$ 5 mil/mês; e a gente grita, porque é dinheiro nosso, sendo inadmissível que se gaste dez vezes mais com um preso, em relação a um estudante. E veja a gororoba da merenda escolar sequer serviria para uma pocilga de penitenciária, muito diferente da comida dos presos, comprada, segundo a Sejudh, em forma de marmitex para evitar que pessoas que não sejam agentes penitenciários atuem no sistema prisional, já que o serviço não é uma atividade fim. Desculpas a parte, sem tirar a razão da Sejudh e da Vara de Execuções Penais, que respeitam a LEP vigente, o que a gente questiona é o descaso dos governos com a educação, com certeza, porque dá mais ibope gastar nas tais intervenções militares que educar uma criança. Só pra finalizar, já dizia o grego Pitágoras de Samos, em 520-A.C: “educai as crianças, para que não seja necessário punir os adultos” e quase três milênios após, o sistema ainda anda na contramão da lógica.




fonte: Da Redação



anuncie JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Para quem gosta de objetos de decoração e utilidades, daqueles do dia a dia, até os mais requintados, agora conta com a Casa Marquesa, especializada em presentes para as mais variadas ocasiões. A empresária Beatriz Tavares investiu num espaço requintado e aconchegante para oferecer o que tem de melhor, com  muito bom gosto. Vale conferir. Sucessos Bia. Cáceres agradece Felicitamos neste dia a linda morena Bárbara Victória Filiagi Assunção que celebra mais uma primavera e recebe o carinho especial das irmãs Kássia e Raquel, do pai do coração Gaúcho e rol de amigos. Sucessos, saúde, amor e alegrias nesse novo ano é o que a família do JCC deseja. Feliz Niver!!! Brindamos hoje mais um aniversário da finess Lucia Oliveira. Que Deus em sua infinita bondade lhe presenteie com um ano pleno de realizações e felicidades.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados