Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 16 de Outubro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Grupo Flor Ribeirinha se destaca em tour na França
Data:28/07/2018 - Hora:07h44
Grupo Flor Ribeirinha se  destaca em tour na França
Assessoria

O intercâmbio cultural com as delegações de vários países, é o que vem ocorrendo com o  grupo Flor Ribeirinha de São Gonçalo beira rio, durante a sua participação no 30º Festival internacional de Folclore de Martigues, há 800 quilômetros de Paris, um dos mais importantes festivais de arte e cultura da França. Durante o evento, além das apresentações em palco, o grupo pratica uma série de ensaios e atividades no local do evento e também em outros pontos da cidade. Nesta quinta-feira (26), o Flor Ribeirinha apresentou com outros grupos na praça Mirabeau, para a população da cidade, o seu histórico, figurinos, instrumentos e uma parte de cada quadro do espetáculo Mato Grosso Dançando o Brasil.

O diretor Administrativo do grupo, Jeferson Guimarães Rosa, ressaltou que o verdadeiro sentido do festival é o intercâmbio que ocorre entre os músicos, dançarinos, coordenadores e outros participantes de cada grupo. Ele explicou que é o momento de troca de experiências, diante das diferenças de culturas e idiomas. “Nós cultivamos a nossa música e a nossa arte. Apresentamos aqui o que o nosso país e o nosso estado tem de bom, eles também.    Estamos sempre presentes nos concertos, nas siestas, ministramos as oficinas de siriri, samba e de artesanato em cerâmica. Todos ficaram encantados com o Brasil”, observou.

Em Martigues, através do intercâmbio, muitas famílias francesas receberam  os dançarinos músicos e demais integrantes dos grupos de cada país. O dançarino do Flor Ribeirinha, Francismar Petini, disse que a acolhida nas residências foi de forma genuína, uma prática que vem ocorrendo na cidade, que realiza o festival há 30 anos. “Vivenciamos aqui novas experiências com a cultura francesa”, disse ele. 

O intercambio proporcionou o conhecimento e a possibilidade de fazer novos amigos, disse a dançarina Mariana Laura. Ela enalteceu a importância da convivência. “É gratificante ver como o Brasil encanta e desperta a curiosidade das pessoas” argumentou. Já o dançarino Zandonaide da Silva, frisou que chamou a sua atenção, os costumes, a gastronomia e a receptividade das famílias francesas. 

O diretor musical do grupo Flor Ribeirinha, Edmilson Maciel  relatou que há uma grande interação entre os grupos, notadamente na musicalidade, que é universal. Ele disse que foi importante conhecer os tipos de instrumentos utilizados  por outras nações. ”Pudemos verificar o que eles usam e eles também conhecer os nossos instrumentos. A viola de cocho,  despertou muita curiosidade, pela sua história cultural, essencial para o nosso siriri. Vimos que alguns países usam muita percussão, outros mais instrumentos de cordas. O México, por exemplo, tem a força da aspa e sopro. Os instrumentos também tem influências históricas de outros países. Levamos daqui, novas experiências para o nosso grupo em Mato Grosso”, assegurou Edmilson.

O grupo Flor Ribeirinha participará do encerramento do festival com o espetáculo Mato Grosso Dançando o Brasil, neste sábado (28). Participam também as delegações do Chile, México, Georgia, Kamikia, Tartazan e Rússia.




fonte: Assessoria



AREEIRA anuncie anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Parabenizamos o pequeno Samuel Maciel, que ontem festejou seu primeiro aniversário envolto ao carinho dos papais Wellyngton Maciel e Darlene Floriano e da vovó Isabel. Desejamos que continue crescendo forte e saudável, e que a felicidade se multiplique por muitos anos. Feliz Niver!!! Em contagem regressiva para a chegada do primeiro baby o casal Vander Sousa e Janaína Sedlacek que não se cabem de felicidade e ansiedade para o dia tão esperado. Estamos na expectativa também já desejando um bom parto a futura mamãe. Abraço especial a supervisora pedagógica do Colégio Salesiano Santa Maria, Fabíola Campos Lucas, que desenvolve um trabalho digno de registro. Educadora nota mil que merece nosso respeito.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados