Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Cutucando com Vara Curta
Data:26/07/2018 - Hora:08h37
Cutucando com Vara Curta
Reprodução Web

A atual situação da Dona Onça, visita indiscreta à matinha do lado oeste da Baía de Malheiros, com certeza na fuga de seu habitat maculado pela indesejável e intromissão presença do bicho homem, tem dois lados da moeda, a possibilidade do humilde curtir a atração antes privilégio de turistas, e a iminente decisão do felino adentrar a cidade e atacar alguém. Quando a principio alertamos sobre este eventual perigo, afinal, a onça é um animal selvagem, técnicos doutores discordaram, defendendo a presença do animal, que tudo está sob controle, monitoramento e os cambaus. O doutor em Ecologia pela UFMT Fernando Tortato, disse que a Baía de Cáceres é habitat natural da onça-pintada e não seria correto retirá-la dali, mas não foi lá fazer cafuné na bichona. A gente não quer aqui criar pânico, mas cutucar onça com vara curta, já diziam nossos avós, é algo arriscado demais; inúmeros são os relatos de animais selvagens que buscam sobrevivência nas cidades e acabam adentrando residências e almoçando ou jantando um morador É a lei da sobrevivência, o bicho homem desmatou, queimou, acabou com quase todo o habitat deles e, toda ação, tem uma reação, então não se deve brincar com algo deveras preocupante. Nem adianta como sugeriu um político, instalar placas de advertência nas áreas próximas a localização da onça, tipo: Perigo, Onça na Área! Só pra descontrair um pouco, sabiam que a expressão cutucar a onça com vara curta, remonta  ao começo do século 19, referindo-se a Carlota Joaquina, esposa de Dom João VI, uma lasciva senhora conhecida entre os lacaios pela alcunha de Dona Onça? Então, por outro lado, o fleumático e sisudo D. João VI era famoso por ter o bilau pequeno o que deixava Carlota Joaquina extremamente irritada, quando o imperador a procurava para os folguedos de alcova. Dona Carlota, famosa por seus vários amantes, todos, escravos africanos, ficava extremamente furiosa por ter que encarar a amostra grátis do marido, e fofocas de castelo, explodiu o dito da onça e da vara curta, que pegou. Falando sério mesmo? É cediço que com as queimadas e desmatamentos próximos aos centros urbanos acabam provocando desequilíbrio ambiental, com isso animais silvestres invadem o perímetro urbano atrás de comida. O veterinário paraense Antonio Messias, consultado por esta editoria, deixou claro, que todo animal luta pela sobrevivência. Racional, ou irracional, e, a ausência de qualquer espécie no ambiente natural é a quebra de um importante elo na cadeia alimentar, assim acontece, no ser humano, que migra em busca de novas oportunidades, para mantença sua e da família. No sêr dito irracional, os animais das matas, quando seu território começa a ser afetado pelo bicho-homem, a tendência natural é o êxodo e as conseqüências disso nas cidades. O que a gente espera, é que nesta brincadeira de vara curta com a ilustre visitante Dona Onça, ela não pegue um incauto cidadão e resolva se servir de um xô-mano a la carte. Ainda somos pela captura do animal e sua remoção à Reserva do Taiamã, digamos, por três motivos: Primeiro, a segurança da comunidade urbana; segundo, pela própria integridade do felino e terceiro, para se evitar que ela numa busca por novas plagas, cruze alguma rodovia, causando um acidente, e venha a ser atropelada e morta como aconteceu na semana passada na BR 174 em Nova Lacerda. Falando em onça, os amigos dela estão pelai em campanhas políticas, Bom Dia!




fonte: Da Redação



AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
Flores multicoloridas a aniversariante do dia Ryvia Sodré que festeja a data ao lado do maridão Erze, filho Juninho, familiares e amigos. Que sua vida seja plena de alegrias, saúde e muitas prosperidades são os nossos sinceros votos. Destaque VIP ao querido José Ricardo Menacho que com sua voz maravilhosa abrilhantou o evento de inauguração do Natal Luz, cantando My way acompanhado pela Banda Sinfônica da Universidade do Estado de Mato Grosso. Um show de alto nível que merece nossos aplausos. Votos de felicidades ao mais novo casal Anderson Silva e Kamila Ladeia Segatto. Que essa união perdure para sempre e que o amor e o respeito sejam uma constante na vida a dois.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados