Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 21 de Agosto de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Café da Manhã
Data:19/07/2018 - Hora:09h03

Quebradeira

A volatilidade do câmbio pode aumentar no período que antecede a definição das candidaturas à Presidência da República. Há a possibilidade, segundo especialistas, de que o dólar chegue a R$ 5 ou mais, devido às indefinições nos cenários interno e externo. Muitos não descartam que a divisa norte-americana ultrapasse R$ 4, antes mesmo antes da campanha começar em agosto. Se as incertezas lá fora aumentarem e a guerra comercial entre Estados Unidos e China ficar mais acirrada, o dólar certamente vai subir e sabem quem vai pagar por isso? Nós, claro!

Quebradeira II

Quem acompanha a economia, sabe que a variação do câmbio ocorre desde o início do ano, em grande parte devido ao cenário externo adverso, que pressiona as moedas de países emergentes. Na última sexta-feira, o real acumulou queda de 16% frente ao dólar, fechando cotada a R$ 3,85. A alta do dólar traz mais coisas negativas do que positivas para a economia brasileira, segundo os especialistas. Um dos poucos benefícios do real desvalorizado são as exportações, que representam apenas 12,6% do PIB e, portanto, não contribuem muito para a recuperação da atividade. A grande verdade, amigos, é que o patropi tá ralado.

Saúde em Queda

O Brasil registrou aumento na taxa de mortalidade infantil em 2016 e quem vem pagando o pato por enquanto é a epidemia de zica e a crise econômica, apontadas pelo Ministério da Saúde como as principais causas para a alta inédita desde 1990. A expectativa é de que os números de 2017 também superem os de 2015. O país registrou 14 óbitos a cada mil nascimentos, aumento de 5% em relação ao ano anterior, em 2016. Entre 2015 e 2016, na América Latina, a taxa ficou em 18 óbitos por mil nascimentos. A previsão é de que os dados em 2017 fiquem, no mínimo, na faixa de 13,6 óbitos a cada mil nascimentos, contra 13,3 de 2015. Êita paizinho de 4º mundo!

Pólio/Jauru

Falando em saúde em queda, nesta edição publicamos nota da SES a respeito da campanha der vacinação anti-pólio e sarampo em agosto e vem, em boa hora haja vista em Jauru, aqui em nossa região, figurar entre os 8 municípios do Brasil com baixa cobertura vacinal contra a poliomielite em crianças com menos de um ano de idade. A meta do Ministério da Saúde é manter 95% das crianças imunizadas em todas as cidades e a gente sugere às autoridades, cancelar a aposentadoria de pais e ou avós que não apresentarem a caderneta de vacinação atualizada de filhos e netos. Infelizmente, no Brasil só funciona assim.

Sem Nomes

Mais uma vez vamos aqui cobrar das policias civil, militar, PRF e outras, quanto a identificação de indivíduos presos, cujos prenomes, nomes e sobrenomes, não são revelados à imprensa, no máximo, inserem nas notas, as iniciais, inclusive de estupradores, presos procurados, assaltantes, a maioria, confessos, reconhecidos pelas vitimas, etc. O que não entendemos, é que a foto é estampada com as iniciais do sujeito, se fosse pra preservar a identificação, não seria liberada a foto, então, algo está meio confuso, pois se fosse apenas suspeito, ainda se poderia aceitar a questão da imagem.

Exagero de Mídia

Por falar em releases, um absurdo, os canais informativos do governo cancelar as informações genéricas, devido o calendário eleitoral, não apenas em Mato Grosso mas também em outros estados. É extremo de zelo sem necessidade, por exemplo, se a Seduc divulga algo, a segurança, a policia civil, militar etc., não há nisso nenhum vislumbre de crime eleitoral. O que não pode é usar assessoria pública em divulgação do governador que postula a reeleição.




fonte: Da Redação



anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
High Society
Celebrando data nova o ilustre artista plástico Sebastião Mendes que comemora a data ao lado da família e amigos. Ele que está residindo em São Paulo, mas sempre está na terrinha curtindo e matando saudades. Desejamos um ano de sucessos, vitórias e muita saúde. Feliz Aniversário!   Ser criança é maravilhoso, pois podemos olhar o mundo sem medo e pensar que ele nos pertence. E hoje embelezando nossa High Society com sua alegria contagiante  as princesinhas Melissa e Luíza Vittorazi Dauzacker, que enchem de alegrias o lar do casal Nélio e Francyanne. Beijinhos e que Papai do Céu derrame infinitas bênçãos. No rol dos aniversariantes a querida Claudia Vilela celebra mais um ano de existência e recebe o carinho dos amigos e familiares com o tradicional Parabéns. Felicidades e um ano repleto de alegrias, saúde e realizações é o que lhes desejamos.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados