Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Carteirada Automática
Data:17/07/2018 - Hora:10h21
Carteirada Automática
Reprodução Web

Bastou na manhã de domingo no programa Auto-Esporte da plin-plin ser focada a aprovação pela Câmara dos Deputados, de uma proposta de lei, que permite tirar uma CNH específica para a obtenção e condução de veículos automáticos, que mais uma polemica voltou a ocupar os bate-papos de esquinas; e não faltou gente pra ligar aqui na redação e querer saber detalhes, se já está valendo e outros que tais. Pois bem, a proposta original de autoria de uma deputada de Rondônia, inicialmente, contemplava apenas as motocicletas, porém, o  relator, adicionou, à proposta, a contemplação de carros, ônibus, micro-ônibus e caminhões automáticos, e não apenas as motos. Mas, não é preciso se preocupar, pois por enquanto, a lei ainda está em tramitação e somente após ser sancionada, irá alterar os artigos 147 e 162 do Código de Trânsito Brasileiro. Só depois, portanto de ser sancionada, é que se o motorista optar por habilitar-se apenas para esse tipo de veículo, o automático, se for flagrado dirigindo veículo de característica diferente à autorizada (câmbio manual) em seu documento, terá cometido a infração, considerada gravíssima, correndo o risco de multa e retenção do veículo.  Importante destacar, que o PL em síntese, criará, se sancionado e tornado lei, subcategorias na carteira de motorista; por exemplo: carros automáticos seriam referentes à habilitação B1, enquanto a categoria B2 serviria para conduzir carros com qualquer tipo de transmissão. Como atualmente, os testes para conseguir a CNH são realizados em carros com troca de marcha, habilitando o motorista também aos veículos automáticos, entendemos que pouco ou quase nada deve mudar, especialmente, para os atuais habilitados, mesmo que os dois tipos de câmbio possam ter duas formas diferentes de dirigir. Quem aprendeu, e sabe dirigir, óbvio que, quando na direção de um carro automático, tem ciência de que não precisará fazer a troca de marcha manualmente, pois eles dispensam o uso da embreagem. Este serviço é feito graças ao sistema de transmissão do veículo, que, de forma automática, identifica a relação entre a velocidade e a rotação do motor do carro. E, se dirigindo um carro de câmbio manual, terá a necessidade do acionamento da embreagem para a troca de marchas, motivo pelo qual, entendemos, inócua esta exigência de subcategoria de CNH, fato que deixa nas entrelinhas, aquele papo de fazer o povinho gastar supérfluos. O que a gente pode adiantar é que no próximo ano, a CNH independente de ser ou não aprovada a besteira da subcategoria para automáticos, a tal carteira de habilitação que já ganhou um novo visual, com marcas d’água e QR Code, passará a ter um chip, deixando de vez o modelo em papel. Serão semelhantes aos cartões de crédito e será usado plástico para a confecção, adaptando-se à nova realidade tecnológica, inclusive para evitar fraudes, pois todas as informações do motorista estarão no chip. Além disso, a nova CNH poderá ser usada para pagamentos de pedágio, transporte público e outros serviços, tudo por identificação por meio do sistema de biometria. E o preço? Claro, que deve faturar no bolso do consumidor, pois embora não tenham sido divulgados os valores da nova carteira de habilitação, que os motoristas já habilitados podem ficar despreocupados na renovação, a nova CNH a ser emitida, pode custar umas verdinhas a mais, oxalá, estejamos errados, mas é bom, se prevenir.

 




fonte: Da Redação



anuncie JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
High Society
Flores multicoloridas a aniversariante do dia Ryvia Sodré que festeja a data ao lado do maridão Erze, filho Juninho, familiares e amigos. Que sua vida seja plena de alegrias, saúde e muitas prosperidades são os nossos sinceros votos. Destaque VIP ao querido José Ricardo Menacho que com sua voz maravilhosa abrilhantou o evento de inauguração do Natal Luz, cantando My way acompanhado pela Banda Sinfônica da Universidade do Estado de Mato Grosso. Um show de alto nível que merece nossos aplausos. Votos de felicidades ao mais novo casal Anderson Silva e Kamila Ladeia Segatto. Que essa união perdure para sempre e que o amor e o respeito sejam uma constante na vida a dois.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados