Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 19 de Junho de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Pratica do vôo livre volta a moda em Cáceres e região
Data:08/06/2018 - Hora:09h01
Pratica do vôo livre volta a  moda em Cáceres e região
Ilustrativa

A prática do Vôo Livre está em alta no município de Cáceres, tem atraído a atenção de curiosos e praticantes do esporte de vários municípios do estado de Mato Grosso. Considerado um dos esportes radicais mais prazerosos e seguros, o vôo livre é uma modalidade esportiva praticada com asa delta ou parapente, utilizando o vento e as correntes de ar térmicas para permanecer no ar.

Localizada na "Serra da Torre da Embratel", próximo a Histórica Fazenda Jacobina, a rampa para decolagem está a 650 metros de altitude em relação ao nível do mar e com desnível de 340 metros de altura em relação a sua base, os quadrantes para decolagem são para o Norte, Noroeste, Leste, Sudeste e Sul. Outra característica importante da rampa é que devido a sua localização estar numa região de formação montanhosa, os vôos geralmente podem durar horas em seu entorno.

A rampa foi oficialmente inaugurada no ano de 2004 pelos primeiros praticantes do Vôo Livre no Estado de Mato Grosso e hoje conta com a participação de pilotos profissionais e iniciantes dos municípios de Cáceres, Cuiabá, Conquista D'Oeste, Mirassol D'Oeste, Tangará da Serra, Várzea Grande, entre outros.

Para o morador do município de Cáceres e praticante do vôo livre há mais de 10 anos, Álvaro Rocha, existem muitas rotas de vôo ainda a serem exploradas na região da rampa, e que além do livre é possível a prática de outras modalidades esportivas tais como: ciclismo, trilha, caminhada, além de visitações para contemplar a natureza e as belezas do local.

Na oportunidade, Rocha informou que se faz necessária a contribuição do poder público para realizar investimentos no local a fim de transformar-lo de fato em mais um atrativo turístico e esportivo do estado de Mato Grosso. Toda a infra-estrutura do local e a sua conservação é custeada pelos próprios pilotos participantes.

Para praticar o vôo livre, o interessado deverá matricular-se em curso de formação de pilotos com instrutor devidamente habilitado nos órgãos que representam o esporte, além de adquirir os equipamentos necessários para realizar os primeiros vôos.




fonte: Assessoria com Redação



anuncie JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Destaque VIP de hoje endereçado as Musas da Pesca e do FIPe, Juliana Nicodemos Bruzon  e Elizandra Silva Maciel,  presença marcante durante o Festival desfilando a beleza, simpatia e charme da mulher pantaneira. Grande abraço e um excelente fim de semana.  Hoje as flores multicoloridas são dedicadas especialmente a aniversariante Maria Izabel Fernandes, pessoa querida que recebe os abraços dos seus colegas, amigos e familiares. Espero que tenha um dia especial e repleto de alegrias e uma vida de felicidade e sucesso. Que nunca lhe falte alegria, paz, amor e saúde. Tim tim!!! Ela arrasa e hoje recebe nossos aplausos pela profissional nota 1000 que é. Nosso reconhecimento a radialista Meire Maciel que foi a voz do FIPe 2018. Sucessos sempre!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados