Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Anahiê, Juno!
Data:05/06/2018 - Hora:08h11

Oba gente, chegamos ao mês de junho, o sexto mês do ano, cujo nº 6 representa a união de opostos, de energias e forças, a saber: o fogo e a água, o macho e a fêmea, o coração e a mente. Por todas essas razões é o mês ideal para se praticar o Ritual do Equilíbrio com o objetivo de harmonizar nosso lado Yin e Yang, e gerar uma sintonia mágica, equilibrada e uníssona com ritmos da Natureza. Vamos lá, quem quiser aprender este ritual, vou procurar ensinar da forma como aprendi: escolha um local tranqüilo e sente-se. Do seu lado direito acenda uma vela branca e do esquerdo acenda uma preta. Cruze as pernas e coloque suas mãos espalmadas sobre seu peito, assim, como se estivesse rezando. Permaneça nesta posição por alguns minutos e sinta a energia que emana das velas formando um círculo de luz em volta do seu corpo. Imagine coisas opostas fundindo-se em apenas uma, por exemplo, como me ensinou a mestra Tânia Gori, um homem e uma mulher, o sol e a lua e use a sua imaginação. Depois de alguns minutos você estará sentindo-se renovada, as forças mágicas e equilibradoras permanecerão ao seu lado por muito tempo e você não vai esquecer esta experiência fascinante. Algumas pessoas procuram aguardar a chegada de 24 de junho, quando o Sol atinge o ponto mais ao norte em sua trajetória pelo céu, o solstício de junho, no começo do verão no hemisfério norte e do inverno no hemisfério sul, mas pode fazer hoje mesmo. Voltando ao nome Junho, ele é derivado da deusa romana Juno, mulher do deus Júpiter, que dava o nome ao quarto mês do antigo calendário romano. Na mitologia romana, a Deusa era a protetora da mulher, da maternidade, dos casamentos e dos nascimentos e a tradição ficcionista, legou às culturas romana e derivadas, tornar o mês de junho, o das festas para os amantes, para adivinhar o futuro e para acender fogueiras nas quais se deve queimar o velho e começar uma nova vida. Daí as festas juninas, comemoradas praticamente no mundo inteiro, as fogueiras dos três santos juninos, ainda tradicionais na roça, com adivinhações e crendices, simpatias e fantasias, ao som da sanfona (Mario Zan) e as quadrilhas. Se do império romano herdamos na ficção belas passagens e personagens, da idade media e moderna, as festas juninas se referem à lenda da fogueira que Isabel teria feito para avisar Maria do nascimento de João Batista. Dizem que Isabel, mãe de João Batista e Maria, mãe de Jesus, eram primas. No Brasil, o folguedo junino, remonta ao descobrimento, aos portugueses que aqui chegaram em 1.500 e décadas seguintes, trazendo de além mar as festas juninas de São João no Porto e o Santo António em Lisboa. Falar em festa junina (Ave Juno) e não falar em quadrilha, é pecado, ah, tempos bons, festança na Cáceres dos anos 70, a gente com roupa caipira, faces com rouge forte de maquiagem, cabelo de trança com fitas, chapéu de palha, anahiê, moçada! padre, padrinhos, o casamento a moda antiga, noivo obrigado a casar com a noiva, sob a pressão do pai dela e do delegado, e o marcador da quadrilha, narrando os pares na dança ao som da sanfona riscando a mazurca. Se fosse hoje, ele diria: “acabou os combustíveis: é mentira; lá vem a PRF; caminho da roça,” e finalizando a formação de um caracol pelas damas e cavalheiros, Anahiê, até a próxima semana. ***___Rosane Michelis – Jornalista, pesquisadora, Bacharel em geografia e pós em turismo. 




fonte: Rosane Michelis



JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Brinde especial a nossa leitora assídua Cibeli Simões que festejou data nova no domingo e recebeu o carinho especial dos familiares, amigos e colegas da OAB. Que seus sonhos se tornem realidade e que esse ano seja repleto de alegrias, saúde, vitórias. Parabéns!!! No rol dos aniversariantes o competente delegado Alex Cuyabano a quem enviamos os votos de felicidades, rogando ao Criador infinitas bênçãos nesse novo ano de vida que se inicia. Muitas felicidades pra você Kelly Prado. Que todos os seus sonhos e metas sejam alcançados, sem esquecer do mais importante, que você seja muito, mas muito feliz.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados