Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Pastores evangélicos são presos por enganar fiéis
Data:22/05/2018 - Hora:08h07
Pastores evangélicos são  presos por enganar fiéis
Divulgação

Os pastores evangélicos Alencar Santos Buriti e Osório José Lopes Junior foram presos, na última sexta-feira (18), suspeitos de aplicar golpes em fiéis de Goianésia, na região central de Goiás, a quantia de R$ 15 milhões. Segundo a Polícia Civil, a dupla alegava que havia ganhado um título de R$ 1 bilhão, mas precisava reunir fundos para conseguir recebê-lo. Um terceiro suspeito também foi detido.

Segundo o delegado Marco Antônio Maia Júnior, responsável pelas investigações, os acusados para receber o dinheiro das vítimas, prometiam a quem colaborasse, lucros de até 10 vezes do valor aplicado. Ele revelou que moradores chegaram a vender a própria casa para ajudar os pastores, e fazer o investimento.

“Eles alegavam, e continuam com esta versão, que ganharam o título bilionário depois de fazer orações para o filho de um fazendeiro rico de Roraima, que teria alcançado a graça desejada. Os pastores afirmavam que precisavam arrecadar fundos para montar um escritório de cobrança e receber os recursos”. Fiéis chegaram a perder tudo para ‘colaborar’ com o pastor, na esperança de lucros grandes’, disse o delegado ao G1 de Goiás.

O advogado de defesa dos religiosos, Edemundo Dias, disse que os clientes colaboraram com as investigações, por meio de depoimentos, e que, do ponto de vista da defesa, não há motivo para eles permanecerem presos. “Estamos examinando o inquérito. Eles alegam que tem um crédito e tem um contrato de confidencialidade. Além disto, afirmam que as pessoas que emprestaram, emprestaram conscientemente, ou seja, eles não enganaram ninguém. Vamos solicitar a revogação da prisão, para que eles respondam em liberdade e possam saldar a dívida com os credores”, disse o advogado.

Os pastores Alencar e Osório foram presos no âmbito da Operação Habacuque, deflagrada em Goianésia e Leopoldo de Bulhões, na Região Metropolitana de Goiânia. Além dos líderes religiosos, um fiel, identificado por Adilson Ney Lopes, foi preso suspeito de ajudá-los no esquema. Segundo o delegado, até agora foram identificadas 30 vítimas. Há a suspeita de que o esquema tenha feito vítimas em outros estados da Federação.

A mulher do pastor Osório chegou a ser detida, mas foi liberada após ser ouvida pela polícia. Conforme a corporação, o trio vai responder por associação criminosa, estelionato e lavagem de dinheiro.




fonte: G1-Go com Redação



JBA anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
Comemoraram em grande estilo mais um ano de vida conjugal o casal Amarildo Bruzzon e Zezé Nicodemos, que celebraram Bodas de Pérola, confirmando o amor que os uniu 30 anos atrás. Que Deus continue derramando infinitas bênçãos e fortalecendo esse amor. Parabéns!!! Curtindo merecidas férias em companhia dos familiares lá pras bandas de Minas Gerais, o casal Wandher e Rosane Vasconcelos com o filho Pedro Henrique. Bom descanso e boas férias. Nosso destaque aos proprietários e colaboradores da Óticas Carol que em clima de festa e descontração comemoraram mais um ano de trabalho em nossa Princesinha.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados