Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
MP acusa esposa de lavar propinas de Pedro Henry
Data:19/05/2018 - Hora:08h13
MP acusa esposa de lavar  propinas de Pedro Henry
Arquivo

O Ministério Público Estadual acusou a empresária Ivanilda Santos Henry de ter “lavado” R$ 299,2 mil de propina paga pela empresa EIG Mercados ao seu marido, o ex-deputado federal Pedro Henry. A acusação consta na denúncia oferecida na última quarta-feira (16) e é relativa às investigações da Operação Bereré, que apura esquema de fraude, desvio e lavagem de dinheiro no âmbito do Detran-MT, na ordem de R$ 30 milhões, que operou de 2009 a 2015.

Segundo as investigações, parte dos valores repassados pelas financeiras à EIG Mercados por conta do contrato com o Detran retornava como propina a políticos e empresários, dinheiro esse que era “lavado” pela Santos Treinamento – parceira da EIG no contrato - e por servidores da Assembléia, parentes e amigos dos investigados.

Pedro Henry, que já foi condenado no caso do Mensalão é apontado como um dos líderes do esquema e teria sido o responsável por articular a parceria entre a EIG e a Santos Treinamento, no intuito de viabilizar o “propinoduto”. Conforme o MPE, o empresário Marcelo Costa e seu irmão, o advogado Antonio Costa, sócios da Santos, eram os responsáveis por receber a propina destinada ao político.

Na denúncia, consta que a lavagem do dinheiro feita por Ivanilda Henry ocorreu em 13 oportunidades, de 2010 a 2014. As propinas eram pagas pelos empresários José Ferreira e José Henrique Gonçalves (pai e filho), que são sócios da EIG e delatores dos crimes.

Para tal, além de Marcelo e Antônio Costa, ela também teria contado com a ajuda de seu sócio na empresa Hiperbárica Santa Casa Ltda, Roberto Abrão Júnior. Consta na investigação que a EIG Mercados, em janeiro de 2010, fez três transferências bancárias, no valor total de R$ 115,5 mil, em favor do Jornal Resumo On-line, de propriedade de Abrão, Júnior  que repassou a Ivanilda Santos Henry, a fim de ocultar o verdadeiro proprietário e destinatário do dinheiro, Pedro Henry Neto.

O MPE ainda acusou o empresário Marcelo Costa de também ter colaborado para a lavagem da propina a Henry, em 2014, por meio de uma transferência de R$ 4,6 mil ao jornal, repassados a Ivanilda Santos Henry, a fim de ocultar o verdadeiro proprietário e destinatário do dinheiro, Pedro Henry Neto.




fonte: M.N com Redação



anuncie aqui anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Comemoraram em grande estilo mais um ano de vida conjugal o casal Amarildo Bruzzon e Zezé Nicodemos, que celebraram Bodas de Pérola, confirmando o amor que os uniu 30 anos atrás. Que Deus continue derramando infinitas bênçãos e fortalecendo esse amor. Parabéns!!! Curtindo merecidas férias em companhia dos familiares lá pras bandas de Minas Gerais, o casal Wandher e Rosane Vasconcelos com o filho Pedro Henrique. Bom descanso e boas férias. Nosso destaque aos proprietários e colaboradores da Óticas Carol que em clima de festa e descontração comemoraram mais um ano de trabalho em nossa Princesinha.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados