Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 23 de Junho de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Caiu a casa, Mané!
Data:19/05/2018 - Hora:07h50
Caiu a casa, Mané!
Reprodução Web

Mais uma vez fica aqui o alerta aos que sonham com sexo dos anjos, duendes, papai Noel e demais fantasias, em politiqueiros milagrosos, que a Gentil Pátria Amada... Faliu, Caiu, Mané, Salve-se quem puder, que o trem anda cosquento e vai feder ainda mais, apesar de ser ano eleitoral e de copa do mundo. Não queremos ser profeta do apocalipse,  longe disso,  os divulgados anteontem, (17) pelo IBGE mostram que haviam 3,035 milhões de brasileiros procurando emprego há 2 anos ou mais até o final do 1º trimestre deste ano. Este número corresponde a 22% do total de desempregados no país, que ficou em 13,7 milhões.

A maior parte dos desempregados, anota aí, 6,4 milhões ou 45% do total, estava na busca por emprego há mais de um mês há menos de um ano e outros 2,2 milhões procuravam por uma oportunidade no mercado há um ano, menos de 2, enquanto 2 milhões estavam desempregados há menos de um mês. O leitor imagina como fica a cabeça de um pai de família desempregado, vendo os filhos pedir um pedaço de pão, enquanto a gente banca os banquetes dos políticos encastelados. Para quem esperava um milagre na mudança forçada de governo, a máscara caiu, na comparação com 2012, aumentou em 71,8% o número de pessoas que estava há mais de dois anos desempregadas, enquanto os que buscavam emprego entre um e dois anos aumentou 129% no mesmo período. A gente não se surpreende, pois nunca botou fé ou esperança neste transilvânico governo e de experiência sabe que com o aumento da desocupação, o tempo na fila por emprego também aumenta. Aquilo que a gente previu neste espaço, apesar da grande mídia engraxada com dinheiro público tentar abafar, que nos escuse o Tiririca, pior do que está, vai ficar sim, veja o caso do dólar, dos R$ 3,29 no carnaval, chegou aos R$ 3,70 ontem. Os economeses falaciosos do poder podre, como a nossa moeda, culpam a volatilidade global, o tombo nos preços do petróleo, que pesou sobre o câmbio doméstico, quando quem conhece um pouco de economia, sabe que não é nada disso. Mesmo porque, se pesou no cambio domestico, a alegada diminuta inflação é mentira e aquela balela de Goebels de que uma mentira bem contada se transforma em verdade, no caso em tela, apenas reforça que o Casa Caiu, Mané! E os trabalhadores do patropi, desalentados pela falta de emprego, desde o início desta  crise, quase triplicou, se no 1º trimestre de 2014 havia 1,6 milhão de pessoas nesta condição, este número saltou para 4,6 milhões no primeiro trimestre de 2018, o maior número da série histórica do IBGE, iniciada em 2012. É mole ou quer mais? Se duvidar, dá um giro pelas ruas de Cáceres e sinta o problema localizado, lojas vazias de compradores, pare ao lado do caixa de um supermercado, quando não é o enganador dinheiro de plástico do cartão é notinhas de R$ 5,00 e R$ 10,00, no máximo, uma de vinte, sinais claros do limo fundo do poço tupiniquim.




fonte: Da Redação



JBA anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Numa festa linda, repleta de cores e flores a princesinha Ana Luiza recebeu os parabéns num mundo de sonhos e jardim florido. Ao lado dos pais, avós, primos e amigos Ana Luiza apagou sua primeira velinha. Que Papai do Céu lhe conceda muita saúde e que sua vida seja assim florida de coisas boas. Registramos a união dos jovens Bianca Piccinini Pereira e Antônio Carlos de Freitas Silva, que ontem  disseram Sim ao amor.  Que todos os sonhos que compartilharem se tornem realidade. Que esta nova vida seja só de amor, paz e alegria para que possam desfrutar da felicidade tão sonhada. Parabéns! Hoje a festa é sua  Suzy Costa, mas o presente é nosso, por podermos desfrutar de sua amizade. Que Deus lhe proporcione um novo ano repleto de felicidades, amor e realizações. Feliz Aniversário!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados