Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Contradições Explícitas
Data:10/05/2018 - Hora:07h55
Contradições Explícitas
Reprodução Web

Como diz nosso amigo Pha, prá quem não sabe, aquele simpático jornalista Paulo Henrique Amorim, Olá, tudo bem? E a gente complementa, Na terra de Ninguém? Ao que parece pros graúdos, gravatinhas, empresários e banqueiros apaniguados do poder, vai sim, tudo bem, obrigado, ...obrigado, aspas, porque eles não dão pão a defunto e a gente fica aqui matutando com nossos botões, apesar de vestir uma camiseta sem eles. Sabe aquela economística da plin-plin que nem o óbvio comenta? É, ela mesma, tenta induzir os incautos que o Brasil está às mil maravilhas, que a inflação está em queda, o custo de vida caiu mais que mamão maduro de calçada e que o Seu Zé e a Dona Maria podem comer filé. Quanta mentirada gente! Não é segredo que 2018 começou aziago e daí em diante o trem degringolou prá caracas. Apesar da falsa euforia da mídia chapa-branca, corrompida com milhões em publicidade oficial, a economia brasileira segue patinando. Na semana passada, o Banco Central divulgou que ela encolheu 0,56% em janeiro, o que jogou um balde de água fria nas previsões otimistas do sinistro da Fazenda. Sem surpresas, o estudo não virou manchete nos jornalões e nem foi motivo de comentários ácidos dos economísticos da imprensa. Quem não se prende a meia dúzia de arautos do poder na mídia engraxada pelo bereré e pesquisa reais índices econômicos, sabe que o Índice de Atividade Econômica do Banco Central apontou a contração em vários setores. A produção industrial encolheu 2,4%; o volume de serviços recuou 1,9% no mesmo período; a escalada dos preços da energia elétrica e da gasolina, acima da inflação, tem corroído o orçamento das famílias brasileiras e chegamos em abril último a mais de 13 milhões de desempregados. E a coisa caminha maravilhosamente segundo a mídia burguesa, especialmente segundo a realidade, para Banco do Brasil, Itaú, Bradesco e Santander com um lucro de R$ 16,9 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Porque no restante, amigos, excetuando-se além dos bancos, os políticos e politiqueiros, a quebradeira tem sido geral, basta navegar pelas ruas de várias cidades do país pra ver a multiplicação de placas de “vende-se” ou “aluga-se”. Em fevereiro, a própria Confederação Nacional do Comércio admitiu o fechamento de 226.500 lojas no patropi. Semana passada num papo reto com um lojista da Sete de Setembro em Cáceres, ele confessou-se na rua da amargura, dispensou três funcionários e se segura com familiares, até quando, não sabe. Longe da gente ser arauto da desgraça, assim como ser conivente com a crise e ou mancomunar-se com a mídia chapa branca que abafa o realismo tupiniquim, numa omissão criminosa. Quem duvidar que o país caminha na onda do caranguejo, abasteça seu possante, compare a compra do mercado de janeiro a abril, anote numa folha os reajustes da emergia, dos combustíveis, (álcool, gasolina, GLP) e caia na real, a gente não está aqui pra esconder as mentiras e desigualdades econômicas que estão falindo a gentil pátria amada, afundando a cada mês que passa a vida dos trabalhadores, Bom Dia!




fonte: Da Redação



anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Completar mais um ano de vida é sempre um momento mágico e vivendo esse momento a querida Marisa Klein Dias que celebra com o carinho dos familiares e amigos.  Desejo o melhor para você não só hoje, mas sempre, e que esta data se repita por muitos anos, sempre com saúde, amor e felicidade. Grande beijo! Festejou data nova Marta Silveira Rocha. Que Deus abençoe seu novo ano de vida. Você merece tudo de bom sempre. Que a felicidade dessa data se estenda por todo ano. Feliz Aniversário!  No rol dos aniversariantes o advogado Fransérgio Rojas Piovesan a quem desejamos os parabéns com votos de felicidades e prosperidades.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados