Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
O Bem sem Recompensa
Data:29/04/2018 - Hora:09h04

Se fazemos o bem ao outro e queremos recompensa, caímos na frustração,

na decepção, pois o coração irá magoar-se facilmente, sabeis isto, e o puserdes

em prática, sereis felizes” (João 13,17). O Evangelho de hoje é a conclusão do

Evangelho onde Jesus lavou os pés dos Seus discípulos. É no final daquela

cerimônia linda e transformadora, gesto daquilo que é a vida de Jesus num todo,

porque a vida d’Ele foi servir. Quando Ele colocou-se aos pés dos Seus

discípulos, Ele não estava fazendo uma representação, Ele queria nos dizer qual

é o segredo, qual é o caminho da felicidade, e se uma profunda tristeza bateu à

“porta” do coração de Jesus quando, em seguida, Ele sofre a agonia no Horto das

Oliveiras, isso jamais Lhe tirou a alegria, mesmo em meio ao sofrimento e a

agonia.

Há uma alegria que toma conta da alma e do coração de quem serve, de

quem faz o bem para o outro, de que ama o seu próximo, de quem dedica os seus

esforços para fazer o bem, desde que, não seja esperado nada em troca. Porém,

se fazemos o bem ao outro e queremos recompensa, caímos na frustração, na

decepção, pois o coração irá magoar-se facilmente. Jesus, nosso Senhor e

Mestre, morreu com muitas decepções, mas sem nenhuma frustração e mágoa, porque

Ele servia para servir, servia por amor e quem faz por amor não espera, de

forma nenhuma, alguma recompensa. O coração torna-se livre e, coração livre

encontra felicidade naquilo que realiza. Muitas vezes, receberemos ingratidão

por aquilo que fazemos, por exemplo, uma mãe nem sempre vai receber

agradecimento ou reconhecimento dos seus filhos pelo amor que prestou-lhes a

vida inteira, desde o momento da concepção até todos os cuidados que a vida

exigiu, mas ela é feliz e realizada só pelo fato de ser mãe. Quando ela

encontra no “ser mãe” um serviço de amor, não é algo penoso ou doloroso.

Encontramos felicidade quando servimos o próximo, os necessitados, os

marginalizados, mas isso pode parecer muito genérico quando não partimos para a

prática. Jesus falou, mas também fez; Ele curou, abençoou e por último

mostrou-se. “Mesmo os homens não me amando, eu os amei até o fim”. Não desista,

não se canse de amar! Se o nosso amor é gratuito, verdadeiro e evangélico, nós

até nos decepcionamos com as situações que vivemos, mas jamais nos magoamos,

porque o amor não guarda mágoa, rancor; o amor é puro, livre e supera-se,

porque o amor tudo supera! Deus abençoe você!

 




fonte: vatican.va/content/francesco



AREEIRA JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Vende-se
vende
High Society
Um click especial ao príncipe  Miguel que veio ao mundo para aumentar a felicidade da mamãe Cinthia Moreira Assunção, que está curtindo cada segundo a presença do seu pequeno.  Que Papai do céu derrame muitas bênçãos  de saúde sobre sua vida. Seja bem vindo Miguel! Fazer aniversário é celebrar a vida. E quem amanheceu festejando mais um ano foi o amigo Moisés Bandeira a quem enviamos votos de paz, saúde e prosperidades. Que Deus te conceda uma vida repleta de vitórias e conquistas. Parabéns!!! Uma excelente sexta-feira a Ronilma da Cunha Martins que com seriedade realiza um ótimo trabalho o setor de Regulação da saúde do município. Que Deus continue abençoando você pela atenção e carinho que dispensa com as pessoas que precisam de atendimento.  Sucessos a toda equipe!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados