Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Bancada federal e governo definem esta semana repasse de R$ 100 mi
Data:20/03/2018 - Hora:09h19
Bancada federal e governo definem esta semana repasse de R$ 100 mi
José Medeiros

A bancada federal deve se reunir esta semana com o governador Pedro Taques (PSDB) e o secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi (PSB) para se informar sobre a utilização da emenda federal de R$ 100 milhões destinada ao custeio da saúde pública de Mato Grosso. Isso porque os prefeitos estão reclamando que o dinheiro que já está na conta do executivo desde de fevereiro e ainda não teria sido repassado para que fossem quitadas algumas dívidas como a dos hospitais filantrópicos.

Segundo a Casa Civil, os R$ 100 milhões da emenda federal devem ser destinados à manutenção e atendimento dos hospitais, compra e quitação de medicamentos, custeio de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e também para o financiamento de pacientes que fazem tratamento fora de seus domicílios. Do valor total, R$ 33 milhões são destinados aos hospitais filantrópicos.

Max Russi explicou que mesmo com os recursos em caixa, estes pagamentos serão feitos de forma gradativa, já que o processamento das dívidas não acontece “de um dia para o outro”. Coordenador da bancada federal na época da destinação da emenda de R$ 100 milhões, o deputado federal Fábio Garcia (DEM) foi quem anunciou que o Estado receberia um total de R$ 168 milhões, sendo que R$ 100 milhões seriam para a saúde e outros R$ 68 milhões para projetos de regularização fundiária.

No primeiro projeto da emenda, R$ 80 milhões eram destinados para as obras do novo pronto-socorro de Cuiabá, que tem o governo como financiador. Do total de investimentos na construção, R$ 50 milhões são dos cofres do Estado. Porém, no final do ano passado, o governador Pedro Taques (PSDB) firmou um acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) para que a totalidade da emenda fosse para o custeio da saúde, sob o argumento da crise financeira. A partir daí, um convênio seria firmado para garantir a “devolução” do dinheiro para compra dos equipamentos da nova unidade. O acordo deve ser assinado ainda esta semana.

Os prefeitos, porém, não devem conseguir os atrasados com esse recurso, uma vez que apesar da intenção do governo é pagar parte dos repasses débitos para os municípios, o dinheiro não poderá ser transferido às prefeituras por questões burocráticas. Os gestores esperam agora que a verba venha de outra fonte. Max Russi afirmou que, na primeira semana de março, o Estado já transferiu cerca de R$ 20 milhões para as prefeituras e que continuará fazendo repasses para quitar os passivos de 2016 e 2017.




fonte: Assessoria com Redação



anuncie anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Destaque VIP ao grupo Amigos do Bem que estão sempre juntos em prol de ajudar os mais necessitados realizando na cidade vários eventos, entre eles o Bazar e o Desfile Fashion Luz. Pessoas como vocês fazem a diferença. Nossos aplausos e reconhecimento. Em tempo parabenizamos Josinete Miranda pela passagem de mais um natalício. Felicidades e muitos anos de vida é o que lhes desejamos. Celebrar a amizade faz bem pra alma e pro coração. Nosso click as amigas Fabíola Campos Lucas e Andressa Braga.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados