Diretora administrativa: Rosane Michels
Sexta-feira, 20 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
O Golpe dos 3 por Cento
Data:17/03/2018 - Hora:07h04
O Golpe dos 3 por Cento
Reprodução Web

Pois bem, lá se vai indo março e as águas fechando o verão anunciando mais um longo e tenebroso outono na semana que vem, com o chororô de governadores que a coisa vai quebrar, que se não investir (no bolso) dos funcionários com mais 3% de previdência, o trem sai da linha, igual o VLT, que era para a Copa de 2014 e chegando outra copa, a coisa continua ruça em Cuiabrasa. Não é só pelaqui não, várias unidades da federação querem arrancar o couro do servidor que já paga 11% para ter uma previdência de terceira, em mais 3%, mesmo com a tal medida provisória temerosa na gaveta. Só pra ilustrar, ano passado, o governo mancomunado com os ditos representantes do povo, mas que representam seus interesses próprios e dúbios acenou com a medida provisória que elevava para 14% a alíquota previdenciária de servidores federais. E no embalo, os governadores com efeito cascata, iriam sangrar os barnabés no mesmo percentual, a disfarçada mão grande chamada de FEF, que sifu, e não deu água. Mas, se a coisa pegasse ia para a privada, lesando também o Seu Zé e a Dona Maria em mais 3% e os patrões em 6%, passando de 22% para 28%. Tudo em nome do erário, de salvar o déficit da previdência, com as ameaças de que se não fizesse tal sacrifício, os aposentados e pensionistas ficariam no mato sem cachorro. O que o governo e a mídia lacaia não divulgam é que não existe déficit da previdência social e a CPI instalada no congresso provou, comprovou e mostrou em números, constatando que nos últimos 15 anos, o superávit da Previdência chegou a R$ 821 bilhões Se atualizado pela taxa Selic, R$ 2 trilhões. O que existe e também a mídia capacha omite é que entre os principais devedores da Previdência, estão empresas como a JBS, com um passivo de aproximadamente R$ 2,1 bilhões, seguida de perto pela Associação Educacional Luterana do Brasil (R$ 1,8 bilhão), Marfrig Globoal Foods (R$ 1,1 bilhão), Caixa Econômica Federal (R$ 1,2 bilhão), Banco do Brasil (R$ 1,1 bilhão), entre outros. Destes, o governo não cobra, ao passo que aos sacrificados funcionários federais, estaduais e municipais, os governantes querem o couro e o sangue, para saciar o saco sem fundo de seus gastos perdulários. Como a maldita deforma da previdência não colou, faltaram votos, veio a intervenção no Rio, disfarce de perdedor, mas não se iludam, o golpe persiste e a reforma dissimulada de reajuste de 11 para 14% nos salários via previdência, continua em punga, daí, ficar sempre alerta. Além de imoral, tal medida é recessiva, reduz o poder de compra do trabalhador, já imolado em quase 40% de impostos, sufoca o mercado de trabalho com mais 6% aos empregadores e com isso, gera mais desempregos num universo de mais de 13 milhões de gente sem carteira assinada. Trocando em miúdos, quebra a estrutura social do país! E a gente conclui que, nesta bagunça de poder excessivo, os políticos estão se lixando se o país vai pro brejo, desde que lhes sobrem milhões sangrados ao povo. É, amigos, andar com um pé atrás nunca é demais, quando se caminha por meandros de um país fragilizado de direitos sociais, com cidadania fragmentada. Fiquem de olho em quem apóia os fundos dos sacos sem fundo do governo e dê o troco neles nas próximas eleições, lá está a nossa intervenção, Bom Dia! 




fonte: Da Redação



anuncie aqui AREEIRA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Os parabéns de hoje é endereçado a Railson Campos, que ontem marcou mais um golaço no placar da vida recebendo os abraços calorosos dos familiares e amigos. Felicidades e muitos anos de vida. Tim, Tim. Nosso Bom dia ao casal Eugênio Florentino Muniz e Edinha Marques do Amaral que estão sempre curtindo a vida juntos. É isso aí o amor foi feito para ser celebrado todos os dias. Abraço especial as encantadoras Meire Maciel, Olga Maria Castrillon Mendes, Vera Maquêa e Marta Cocco, que se encontraram para um bate papo descontraindo na Feira Cultural e Gastronômica da Praça da Cavalhada que acontece todas as terças-feiras. Além de saborear deliciosas guloseimas a feira se tornou um ponto de encontro de amigos.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados