Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 23 de Maio de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
fipe
Redescobrindo o Brasil
Data:09/03/2018 - Hora:18h23

Trata-se de saber se temos um futuro como nação;que conta na construção do devir humano. Ou se prevalecerão as forças que se empenham em interromper o nosso processo histórico de formação de um Estado-nação. Marcos Costa, historiador e escritor, apresenta aos leitores, estudantes e pesquisadores o livro A História do Brasil Para Quem Tem Pressa, um resumo bem claro, objetivo e fluente que permite redescobrir o País e toda a riqueza e a complexidade da cultura brasileira. E, além disso, o escritor reuniu os mais importantes autores e obras da história, da economia, da sociologia e literatura, despertando para o estudo aprofundado de como e porquê o Brasil se tornou o que é. A obra trata de diferentes e longos períodos da história brasileira, desde antes do descobrimento até o século 21. Costa analisa a formação do País e de seu povo, os conflitos que atravessaram a história e os que ainda atingem a sociedade brasileira. De forma didática, busca entender as características das relações sociais e

raciais, e as razões dos atrasos econômico e político da nação.

Em meio milênio de história, partindo de uma constelação de Reitorias, de populações indígenas desgarradas; de escravos transplantados de outro continente, de aventureiros europeus e asiáticos em busca de um destino melhor, chegamos a um povo de extraordinária polivalência cultural, um país sem paralelo pela vastidão territorial e homogeneidade linguística e religiosa. Mas nos falta a experiência de provas cruciais, como as que conheceram outros povos cuja sobrevivência chegou a estar ameaçada. E nos falta também um verdadeiro conhecimento de nossas possibilidades, e principalmente de nossas debilidades. Mas não ignoramos que o tempo histórico se acelera, e que a contagem desse tempo se faz contra nós. Trata-se de saber se temos um futuro como nação que conta na construção do devir humano. Ou se prevalecerão as forças que se empenham em interromper o nosso processo histórico de formação de um Estado-nação.

Marcos Costa acredita no Brasil. Recusa-se ao conformismo de quem pensa que o país não tem escolha e que só lhe resta aceitar docemente as tendências espontâneas da globalização e não se abate com o caráter hercúleo dos desafios que devem ser enfrentados para a construção da nação. Ao transcender o marco do status quo, suas ideias representam alternativa criativa à discussão que circunscreve as opções da sociedade brasileira à escolha binária entre o modernismo acelerado dos neoliberais ou a nostalgia extemporânea dos nostálgicos neodesenvolvimentistas. Sua reflexão não aceita o beco sem saída que limita o debate sobre o futuro do Brasil a um estéril braço de ferro sobre o ritmo e a intensidade do processo de modernização dos padrões de consumo. Por isso, no momento em que o povo brasileiro busca desesperadamente resgatar o desenvolvimento nacional, Costa e suas referências bibliográficas, a exemplo de “Raízes do Brasil”, de Sérgio Buarque de Holanda, “Casa Grande & Senzala”, de Gilberto Freyre, Caio Prado Júnior, “Os Sertões”, de Euclides da Cunha, “Os Donos do Poder”, volumes 1 e 2, de Raymundo Faoro, entre outros, devem ser lidos, relidos, estudados e debatidos.***__Rubens Shirassu Júnior, escritor e pedagogo de Presidente Prudente, São Paulo. Autor, entre outros, de Religar às Origens (ensaios e artigos), 2011 e Sombras da Teia (contos) 2016.

 




fonte: Rubens Shirassu Júnior



anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Celebrando Bodas de Cristal o casal Lucio Lindote e Hellen Ferrareto a quem enviamos votos de felicidades por 15 anos de união pautados no respeito e companheirismo. Que Deus abençoe com muitos mais anos juntos.   Ontem pela manhã tivemos o prazer em receber os alunos do 2º ano A e B da Escola Estadual São Luiz que vieram conhecer um pouco da história do Jornal Correio Cacerense bem como entender como é o funcionamento de um jornal impresso. A visita segundo a professora Silvania se deu pela necessidade de proporcionar aos alunos um aprendizado extra classe uma vez que o tema trabalhado é Notícias. Parabéns a professora e aos alunos.  Agradecemos a visita.  Festejou ontem data nova o companheiro de profissão Sinézio Nunes de  Alcântara. Nosso registro com votos de muita saúde e prosperidades. Feliz Niver!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados