Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 23 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Julgamento contestado anula 58 pontos de 3 clubes no MT
Data:08/03/2018 - Hora:07h41
Julgamento contestado anula  58 pontos de 3 clubes no MT
Thiago Mattos

Com a decisão segundo o indignado advogado do Dom Bosco, modificada na calada da noite, perdas de pontos, rebaixam o Poconé e o azulão da colina.

 O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), realizou na noite de terça feira ultima, o julgamento dos recursos feitos contra três times acusados de escalação irregular de jogadores no Campeonato Mato-grossense Eletromóveis Martinello, que culminou com a perda de 30 pontos do Poconé, 16 do Dom Bosco e 12 do Ação.

Com a decisão o Ação que estava em 4º na tabela com 13 pontos, agora tem apenas 1 ponto. Já o Dom Bosco de 11 pontos passou a ter 5 pontos negativos e o Poconé que tinha 6 passa a ter 24 negativos. O advogado Geandri Bucair, do Dom Bosco, disse que vai recorrer da decisão. “Acompanhamos o julgamento e os três times foram absolvidos das perdas de pontos e ficou definido o pagamento de multa. No nosso caso, R$ 5 mil. Mas, depois que todos já haviam saído, na calada da noite, o tribunal decidiu modificar a decisão.

O TJD-MT admitiu erro e voltou atrás nas punições ao Dom Bosco e Poconé. O erro foi percebido apenas às 22h20, cerca de uma hora e meia após o anúncio da não perda de pontos pelo Dom Bosco. ‘Foram três votos enquadrando Dom Bosco e Poconé no artigo 214 (o que se refere a perda de pontos) e dois no artigo 191 (apenas multa). Nesse caso não há empate, os times serão enquadrados no artigo 214’, explicou o presidente da sessão, se desculpando. ‘Dessa forma, considera-se os votos aplicados somente dentro do artigo 214, ou seja, dois votos pedindo a pena máxima. Isto posto, o Dom Bosco fica com a pena de 16 pontos e o Poconé perde 30 pontos’, finalizou o presidente.

‘Ainda bem que identificamos esse erro antes da sessão ter sido finalizada’, afirmou Wagner, um dos auditores. Com o resultado, o Poconé vai para  menos 24 pontos e o Dom Bosco fica com menos 5, ambos na zona de rebaixamento.

O Dom Bosco foi acusado pelo União, Araguaia e Mixto, de escalar dois jogadores em 4 partidas sem que os mesmos estivessem registrados no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol.

O Poconé Esporte Clube foi acusado de utilizar os jogadores Vítor e Alex de forma ilegal nas quatro primeiras rodadas, além da perda de pontos a equipe pantaneira terá de pagar multa de R$ 2 mil. Já o Ação foi punido por escalar um jogador que havia disputado o Sub-19 e teria que ter cumprido um jogo de suspensão. O gerente de futebol, Willian Reis, informou que ainda não sabe se vão recorrer da decisão.




fonte: S.N/FMF com Redação



anuncie aqui JBA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
High Society
Curtindo as belezas da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra as amigas Marinalva Denipotte Manfrin e Fabíola Campos Lucas. Uma ótima estada no País vizinho. Votos de breve recuperação a amiga Suzy Kristina dos Santos, que sofreu uma torção no tornozelo e está de repouso impossibilitada de andar. Estamos na torcida pela seu reestabelecimento. Grande abraço. Nosso Destaque VIP para a competente equipe do Kaskata Flutuante que serve a melhor comida da cidade. Forte abraço a família Natal que está a frente de bem servir os cacerenses e visitantes. Pra hoje fica a dica de saborear aquele delicioso peixe a La Kaskata.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados