Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 17 de Junho de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Café da Manhã
Data:21/02/2018 - Hora:09h09

Quebrou Geral

A receita tributária de Mato Grosso em 2017 chegou a R$ 7,026 bilhões. Ao todo, o montante é 1,10% menor que em relação a 2016. Com este índice, o Estado figura entre os sete com pior desempenho em receita tributária no ano passado. Com a queda na receita tributária, o cenário não é dos mais favoráveis para Mato Grosso. Segundo a reportagem, o Estado está, junto com Roraima e Rio Grande do Norte, entre os que passaram a integrar o rol dos que atrasam ou parcelam salários dos servidores.

Investimentos

A crise de caixa afetou, por exemplo, os serviços de Saúde. Hospitais filantrópicos chegaram a interromper as atividades pedindo a regularização dos pagamentos e um aumento nos aportes do governo estadual. Além disso, o Executivo tem atrasado o pagamento de duodécimo dos Poderes e não conseguido pagar as emendas impositivas, previstas na Constituição do Estado. Mesmo com dificuldades, dados apontaram que Mato Grosso é o 13º entre os que mais aumentaram investimento no ano passado. Segundo o levantamento, Mato Grosso investiu R$ 891,5 milhões em 2018, ao todo, uma diferença, em relação a 2016, de 6,61%.

Signo de Câncer

O Hospital de Câncer de Mato Grosso tem convivido cotidianamente com o risco de colapso, dada a falta de recursos, que já era freqüente e piorou nos últimos meses. Assim como outras instituições filantrópicas, também está em crise e sofrendo com a falta de repasses do Governo do Estado. O diretor-presidente do hospital, Laudemi Moreira Nogueira, reclama que a instituição não tem nenhum reconhecimento, principalmente por parte do Governo do Estado.

Celular/Fogo

Uma casa ficou parcialmente destruída depois que um celular que estava carregando sobre o sofá explodiu e pegou fogo, em Tangará da Serra na última sexta-feira (16). A família contou que acordou com o barulho da explosão e que foi tudo muito rápido. Em instantes, sofá, cortina e forro estavam em chamas. Alerta dos Bombeiros, é para nunca se deve deixar o celular carregando próximo a produtos e objetos inflamáveis, como superfície de espuma, papel, pluma, porque o celular esquente e chance de que pegue fogo é muito maior.

Febre Amarela

O Ministério da Saúde divulgou na semana passada um relatório que aponta a morte de um macaco confirmada por febre amarela em Mato Grosso. Conforme o órgão, de julho de 2017 a janeiro de 2018, foram 21 casos de epizootias (epidemia semelhante a seres humanos que ocorre em uma população animal) notificados.  Destes, sete foram descartadas, 11 indeterminadas e dois entraram em investigação. De acordo com a Prefeitura de Cuiabá, houve a confirmação de um macaco positivo para febre amarela na região do Centro Político, removido em novembro de 2017, e a mortalidade de alguns animais inclusive em áreas verdes ou em seu entorno.




fonte: Da Redação



JBA AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Destaque VIP de hoje endereçado as Musas da Pesca e do FIPe, Juliana Nicodemos Bruzon  e Elizandra Silva Maciel,  presença marcante durante o Festival desfilando a beleza, simpatia e charme da mulher pantaneira. Grande abraço e um excelente fim de semana.  Hoje as flores multicoloridas são dedicadas especialmente a aniversariante Maria Izabel Fernandes, pessoa querida que recebe os abraços dos seus colegas, amigos e familiares. Espero que tenha um dia especial e repleto de alegrias e uma vida de felicidade e sucesso. Que nunca lhe falte alegria, paz, amor e saúde. Tim tim!!! Ela arrasa e hoje recebe nossos aplausos pela profissional nota 1000 que é. Nosso reconhecimento a radialista Meire Maciel que foi a voz do FIPe 2018. Sucessos sempre!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados