Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI
Cadê os Bererés?
Data:21/02/2018 - Hora:09h07
Cadê os Bererés?
Reprodução Web

O leilão de um apartamento localizado no 12º andar do Edifício Torres dos Rios, no Condomínio Residencial Pantanal 3, no Bairro Bosque da Saúde em Cuiabá e que pertencia a um ex-secretário de governo anterior de Mato Grosso, pela justiça, rendendo ao erário R$ 470 mil, é um ponto positivo na guerra contra a corrupção. Sempre fomos contra a prisão desregrada, anticonstitucional, arbitrária, violando clausula pétrea da presunção de inocência e sem transito em julgado de decisões, mas nunca deixamos de defender o reparo à lesão, comprovado o crime. Quando a justiça nega pedido de prisão contra denunciados alegando que a constrição maximis dos investigados, poderia acarretar uma conotação desvirtuada; causando especulações; exploração da mídia que muitas vezes acaba por antecipar uma condenação, com notícias sensacionalistas e desastrosas para a vida dos investigados, em detrimento de presunção de inocência, em parte, concordamos, claro, no tocante ao indeferimento das prisões, mesmo pelo respeito as clausulas pétreas, notoriamente ignoradas por tribunais, e porque de nada adianta enclausurar acusados na cadeia, sem ressarcimento da lesão. Veja o leitor que bilhões de reais, fruto de malversação do erário público, propinagens, falcatruas, traduzindo no português real, roubalheira mesmo, continuam em mãos sujas. Raros são os leilões públicos e a camarilha presa ou não, se refestela, beneficiando-se da rés-furtiva, tipo, mansões com piscinas, fazendas, carrões importados e os cambaus. Falam em reforma da previdência superavitária, trabalhista, revogando nossa Carta di Labore proclamada por Vargas, intervenção no Rio depois do Carnaval, (seria o enterro dos ossos?), mas ninguém se preocupa com uma reforma política. Uma reforma com clausulas rigorosas, respeitando-se evidente, a Carta Magna na defesa do ir e vir, mas com emendas restritivas aos ir e vir de milhões roubados do povo, sim, porque o patrimônio público sai do bolso do trabalhador via impostos e a contraprestação deve ser um dos deveres sagrados dos governantes. O Seu Zé que não pagou seu IPTU por querelas discutíveis vai pros editais classificados da imprensa, enquanto que o político ladrão que mete a mão em milhões de bererés do DETRAN, não tem o quantum da pilhagem penhorada no milionário patrimônio fraudulento, levado a hasta pública, é complicado! Com a vênia-permissa, Mui Ínclitos Doutores togados, em nosso mister jornalístico, jornais sérios não exploram a situação pessoal de quem quer que seja, apenas noticiam os fatos, sem jamais antecipar uma condenação. Isto é parte dos representantes do parquet, notícias sensacionalistas e desastrosas para a vida dos investigados, é coisa de imprensa marrom, com a qual alguns periódicos não compactuam. Apenas como editoria, a imprensa que representa os anseios populares, defende sim, o patrimônio público, do povo, contra os corruptos que não devolvem sequer a metade do roubado. Ficamos na torcida de que das centenas de milhões roubados dos cofres públicos tchapa e cruz, metade seja recuperada, como o apê do bacana e que demais rés furtivas, voltem ao erário, pelas vias legais que a justiça tem para tal, Bom Dia!




fonte: Da Redação



JBA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Flores multicoloridas a elegante Mayreley Rosa, que trocou de idade e recebeu os parabéns dos familiares e amigos. Você com seu brilho único  ilumina quem tem o privilégio de te conhecer. Que o nosso Bom Deus te conserve, te proteja para que você seja sempre assim uma amiga simples, sincera, verdadeira e muito especial. Parabéns e Feliz Aniversário! Embelezando nossa High Society a finess Vianez Lazzari que ontem colheu mais uma rosa no jardim da vida. Que Deus em sua infinita bondade te abençoe e te traga tudo de bom. Deseja a você muita alegria, paz, saúde e felicidades. O Grupo de Estudos Sistêmicos Saberes: Essência e Consciência discute hoje, 18, num workshop em Cáceres, a partir das 19h30, no Colégio Salesiano Santa Maria, sobre Saúde Sistêmica, uma oportunidade para compreender a doença. O Workshop será conduzido pelas professoras doutoras Elisabeth Battista e Márcia Dal Toé, da Escola Alemã Hellinger Schule.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados