Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 17 de Julho de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Homilias do Papa Francisco
Data:17/02/2018 - Hora:08h18
Homilias do Papa Francisco

O Papa presidiu na última quarta feira à celebração das Cinzas, que marca o início da Quaresma, alertando para as “tentações” da “desconfiança, apatia e resignação” na Igreja e na sociedade. “Se o fruto da fé é a caridade – como gostava de repetir Santa Teresa de Calcutá –, o fruto da desconfiança é a apatia e a resignação. Desconfiança, apatia e resignação: os demônios que cauterizam e paralisam a alma do povo crente”, advertiu, na homilia da Missa que decorreu na Basílica de Santa Sabina, em Roma. “E é triste constatar, nas vicissitudes diárias, como se levantam vozes que, aproveitando-se da amargura e da incerteza, nada mais sabem semear senão desconfiança,” observou ainda.

Cumprindo a tradição, antes de chegar a esta igreja, o Papa percorreu as ruas do Bairro do Aventino, desde a Basílica de Santo Anselmo, numa procissão penitencial. “O tempo de Quaresma é propício para corrigir os acordes dissonantes da nossa vida cristã e acolher a notícia sempre nova, feliz e esperançosa da Páscoa do Senhor. Na sua sabedoria materna, a Igreja propõe-nos prestar especial atenção a tudo o que possa arrefecer e enferrujar o nosso coração crente”, observou Francisco, ao assinalar o início do período de 40 dias que servem de preparação para a Páscoa, nas comunidades católicas.

A intervenção do pontífice teve a forma de discurso direto, centrada em três palavras-imperativas, dirigido a cada católico: “Para, olha e regressa”. “Deixa esta agitação e este correr sem sentido que enche a alma de amargura, sentindo que nunca se chega a parte alguma. Para, deixa esta obrigação de viver de forma acelerada, que dispersa, divide e acaba por destruir o tempo da família, o tempo da amizade, o tempo dos filhos, o tempo dos avós, o tempo da gratuidade… o tempo de Deus”, apelou.

Francisco sublinhou o valor do recolhimento, do respeito, da gratidão e do silêncio, perante o “o vazio daquilo que é instantâneo, momentâneo e efêmero” em que vivem muitas pessoas.

O Papa elogiou depois os que trabalham em favor dos outros, as famílias que são “escola de amor”, a sabedoria dos idosos e o valor dos doentes. “O valor de cada pessoa não pode jamais reduzir-se a uma questão de cálculo ou de utilidade”, advertiu.

A homilia convidou a “vencer os demônios da desconfiança, da apatia e da resignação”, com a esperança da fé em Jesus Cristo, recordando “aqueles que se sentem crucificados, que experimentam na sua vida o peso dos fracassos, dos desenganos e das desilusões”.

“Este é o tempo para se deixar tocar o coração… Permanecer no caminho do mal é fonte apenas de ilusão e tristeza. A verdadeira vida é outra coisa muito diferente, e bem o sabe o nosso coração”, sustentou Francisco. Após a homilia, o Papa foi o primeiro a receber a imposição das cinzas, das mãos do cardeal-diácono titular de Santa Sabina, D. Jozef Tomko. A Quaresma, iniciada com a celebração de Cinzas, é um período marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário cristão.

***___Basílica de Santa Sabina, 14 de fevereiro de 2018.




fonte: Basílica de Santa Sabina



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Com eficiência ímpar, as funcionárias da Biblioteca Municipal de Cáceres, Carla Kruger e Divina Aparecida Santos Conchev, estão sempre buscando divulgar com dinâmica e eficiência aos frequentadores da casa de cultura da Rua Padre Casimiro, as atividades lúdicas do estabelecimento, voltado à salutar pratica da leitura e pesquisas.  Registramos marcando mais um golaço no placar da vida Wellyngton Maciel, que recebe os abraços calorosos da companheira Darlene, da mãe Isabel, do filhão Samuel e do rol de amigos.  Que essa data se reproduza por muitos anos, sendo festejada com saúde e felicidades são os nossos votos.  Ilustrando a página hoje, a simpática professora Elaine Glerian, do corpo docente da Escola Estadual Onze de Março, (antiga Ceom) na disciplina de química, articuladora do Projeto Parlamento Jovem no estabelecimento de ensino de Cáceres, que teve este ano um aluno selecionado.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados