Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 21 de Agosto de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI
Café da Manhã
Data:16/02/2018 - Hora:08h14

Cabulosos

Passados quatro meses da abertura do inquérito sobre um decreto do setor portuário, os sigilos bancário, telefônico e fiscal do presidente Michel Temer, de amigos e empresários foram preservados pelos investigadores no caso, a Procuradoria-Geral da República e a Polícia Federal e o afilhado nomeado pelo padrinho Temer como diretor-geral da PF, Fernando Segovia, criticou a qualidade das provas obtidas e indicou que o inquérito Rodrimar, poderá ser arquivado, ficando provado que a consulta aos autos, porém, revela que uma série de medidas não foram tomadas pela PGR e pela PF. Tá complicada a situação do FBI tupiniquim!

 Cabulosos II

Veja bem, que nem a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, outra afilhada de Temer, quanto o delegado da PF que preside o inquérito, Cleyber Malta Lopes, não demonstraram interesse em pedir ao ministro relator no STF, Luís Roberto Barroso, acesso à movimentação bancária do presidente para ver se há ou houve alguma relação com empresas do setor portuário. No inquérito há um relatório que sugere quebrar sigilo de Temer, mas o papel foi produzido por um agente e um escrivão da PF, legalmente incapaz de pedir a quebra.

 Não é Tripléx

Em junho passado, a PF apreendeu na empresa do coronel aposentado da PM João Baptista Lima Filho, amigo de Temer, um projeto de reforma de imóvel com nome Maristela Temer, filha do presidente, um recibo de pagamento em nome dela e um disco rígido com diversas informações sobre a reforma no apartamento. Eventuais pagamentos da empresa que tem contratos com órgãos públicos à filha de Temer poderiam indicar a dissimulação de vantagens indevidas, mas nenhum dos documentos foi até o momento cruzado com o sigilo bancário de Maristela, que também não foi quebrado. Com certeza porque não é um triplex, né mesmo?

Justiça Sempre

O juiz da 3ª Vara Federal em Mato Grosso, condenou o DNIT a indenizar em R$ 187,4 mil, por danos morais, o cuiabano L.A.B., cujo pai C.B. morreu em um acidente na BR-163. Na ação, o autor contou que o acidente que vitimou seu pai, em 2013, foi ocasionado pela má-conservação da pista por parte do DNIT. A vitima fatal estava em um veículo e, por conta de buracos no asfalto, um dos pneus do carro estourou. Com isso, o motorista perdeu o controle e atravessou a pista contrária, colidindo com um caminhão, fato que ocasionou a morte de C.B. Mais que justo que o Estado indenize e acione a empreiteira que pavimentou o trecho.

Pé-Esquerdo

O PSL afirmou que pretende lançar o ex-prefeito de Sorriso Dilceu Rossato como candidato ao Governo do Estado, nas eleições deste ano. Conhecemos Rossato de velhos carnavais políticos em Sorriso, quando estávamos na imprensa de Sinop e cá prá nós, o polaquinho começa com o pé esquerdo, haja vista, o nanico PSL, ser o partido pelo qual o deputado federal Jair Bolsonaro deverá concorrer à Presidência da República. Com todo respeito, outro Enéias, a gente num guentão não.




fonte: Da Redação



AREEIRA anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Brinde especial a nossa leitora assídua Cibeli Simões que festejou data nova no domingo e recebeu o carinho especial dos familiares, amigos e colegas da OAB. Que seus sonhos se tornem realidade e que esse ano seja repleto de alegrias, saúde, vitórias. Parabéns!!! No rol dos aniversariantes o competente delegado Alex Cuyabano a quem enviamos os votos de felicidades, rogando ao Criador infinitas bênçãos nesse novo ano de vida que se inicia. Muitas felicidades pra você Kelly Prado. Que todos os seus sonhos e metas sejam alcançados, sem esquecer do mais importante, que você seja muito, mas muito feliz.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados