Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 26 de Maio de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
fipe
Servidores podem parar MT se salários não forem pagos
Data:09/02/2018 - Hora:07h03
Servidores podem parar MT  se salários não forem pagos
Assessoria

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde de Mato Grosso (Sisma), Oscarlino Alves, que também é dirigente do Fórum Sindical - que agrega pelo menos 32 associações e sindicatos no Estado – afirmou que se o pagamento dos salários dos servidores de Mato Grosso forem atrasados será feita uma assembléia geral para discutir a paralisação geral em todo o Estado. Os sindicalistas se reuniram ontem, (8) com o secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi, para obter uma resposta sobre o pagamento.

A reunião estava marcada para as 14h30 de hoje, no entanto ao chegar ao local os sindicalistas foram informados que o encontro foi adiado para às 18h00 e Oscarlino afirmou que só iriam embora do Palácio Paiaguás após a reunião. O sindicalista afirmou que a base está pressionando as lideranças para que cobrem respostas do Governo com relação aos salários.

“Nós representamos categorias, então nós temos a legitimidade de nos reunirmos e tomarmos encaminhamentos coletivos, em função desta pressão que nós estamos recebendo das bases nós nos reunimos hoje. Amanhã, (hoje) já é véspera de final de semana, a data do pagamento está se aproximando, e o que pesa é que o governo pagava o nosso salário até o último dia útil do mês, passou a pagar no dia 10; a gente está nesta incerteza, porque nós não temos uma nota oficial do governo tranqüilizando os servidores de que vai pagar de acordo com a legislação”, disse o dirigente.

O governador Pedro Taques afirmou em seu discurso durante a sessão de abertura dos trabalhos da Assembléia Legislativa, no último dia 6, que está fazendo contas para conseguir pagar os 100 mil servidores do Estado e previu que o mês de março será ‘escuro’ por conta da falta de recursos. O governador também disse que a falta de recursos é agravada por causa da dívida do Estado com o Bank of America.

Caso os pagamentos não sejam feitos no prazo, os servidores devem se reunir em Assembléia Geral para discutir a paralisação geral. “A gente tem os encaminhamentos que a gente tomou lá no fórum, um deles é a orientação que a gente vai seguir. Mediante o que o Governo nos passar aqui, nós infelizmente estamos sendo cobrados, e uma prerrogativa do sindicato, é uma função do sindicato, vamos fazer uma convocação de uma Assembléia Geral Unificada e a orientação é que se a gente tiver o salário atrasado é de paralisação geral”, afirmou.




fonte: Sisma com Redação



anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
A Estação do Outono decreta três dias de felicidades, lédice e júbilo, face ao níver da Rosa-Flor-Mulher Rosane Michelis, que na próxima segunda feira, 28, estréia nova idade, em clima festivo com seus familiares e uma legião de amigos. Integrando este rol privilegiado, queremos ao registrar as homenagens à aniversariante, com amplexos e votos de felicidades mil à titular desta coluna, inserindo um very good Happy Birthday, blonde Rosane! A sempre simpática Maridalva Amaral Vignardi, decana titular da Radio Difusora de Cáceres, curtindo o sucesso da nova Nova FM, 97,3, que substituiu a AM 820. Ela afirmou que a Nova FM só tocará musica sertaneja e aplaudiu as musicas do jornalista musico do Correio Cacerense Lorde Dannyelvis, que passam a fazer parte do repertório da emissora. Felicidades, Paz, Amor e vitórias é o que desejamos a elegante Milene Oliveira, nossa eterna Miss Cáceres, que celebrou data nova e merece nosso forte abraço. Feliz Aniversário!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados