Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Com média mais cara do país, gás mantém preço menor em Cáceres
Data:03/02/2018 - Hora:09h17
Com média mais cara do país, gás mantém preço menor em Cáceres
JCC

Com preço estimado em R$ 95,86 o botijão de gás em Mato Grosso apresenta a média mais cara do país, segundo tabela divulgada pela Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (Asmirg-BR) na quinta-feira (1). A cifra corresponde ao preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF), que é incidido pelo Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), de 12% no Estado. O valor do produto, contudo, pode variar e chega R$ 115 em alguns estabelecimentos.

Dentre outras cidades, além da capital Cuiabá e Várzea Grande, a pesquisa mostra Rondonópolis e Cáceres. Dentre os sete maiores municípios de Mato Grosso, Cáceres é o que apresenta o menor preço no relatório da Assemirg, com R$ 83,33 o botijão de 13 kg, ao passo que em Cuiabá o produto é vendido na media de R$ 93,45; em Rondonópolis, R$ 95,00 e Várzea Grande, R$ 92,20.

Na Distribuidora de Água e Gás Motta, da Rua Seis de Outubro 712, no centro de Cáceres, o botijão de GLP de l3 quilos segundo a funcionária Nayara Artiaga, é vendido a R$ 80,00 (local) e R$ 85,00 (entrega), preços de 2017.

A informação sucede o anúncio da Petrobrás, de queda de 5% no gás nas refinarias e de acordo com levantamento semanal da Agência Nacional de Gás e Petróleo (ANP), o valor mínimo cobrado pelo produto nos estabelecimentos do Estado chega a R$ 115,00 em Alta Floresta, dados do período entre 21 e 27 de janeiro.

Em Cáceres foram pesquisados 8 postos de distribuição do gás de cozinha e a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) reforça que o preço médio é fixado de acordo com os preços praticados pelas revendedoras. Segundo a Pasta, o PMPF do GLP de 13 quilos é formado com base em pesquisas quinzenais realizadas junto a revendas localizadas em 42 de municípios de todas as regiões de Mato Grosso, para apurar os preços praticados.

Sete desses municípios concentram aproximadamente 80% do consumo, sendo que, nesses locais, o levantamento é feito pela (ANP). As cidades são Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Sorriso, Sinop e Alta Floresta.




fonte: Da Redação



anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
vende
Vende-se
High Society
Um click especial ao príncipe  Miguel que veio ao mundo para aumentar a felicidade da mamãe Cinthia Moreira Assunção, que está curtindo cada segundo a presença do seu pequeno.  Que Papai do céu derrame muitas bênçãos  de saúde sobre sua vida. Seja bem vindo Miguel! Fazer aniversário é celebrar a vida. E quem amanheceu festejando mais um ano foi o amigo Moisés Bandeira a quem enviamos votos de paz, saúde e prosperidades. Que Deus te conceda uma vida repleta de vitórias e conquistas. Parabéns!!! Uma excelente sexta-feira a Ronilma da Cunha Martins que com seriedade realiza um ótimo trabalho o setor de Regulação da saúde do município. Que Deus continue abençoando você pela atenção e carinho que dispensa com as pessoas que precisam de atendimento.  Sucessos a toda equipe!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados