Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 24 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
A Missa é Oração
Data:03/02/2018 - Hora:08h57
A Missa é Oração
Divulgação

“A fé é uma grande companheira de vida: faz sentir a presença de um Pai que nunca deixa suas criaturas sozinhas”. Mensagem do Papa antes da audiência geral da semana na Praça de São Pedro. Audiência em que continuou a catequese sobre a Santa Missa. Para facilitar a compreensão, Francisco iniciou dizendo que “a Missa é uma oração, aliás, a oração por excelência, a mais alta, a mais sublime e, ao mesmo tempo, a mais “concreta”. Com efeito, é o encontro de amor com Deus mediante a sua Palavra e o Corpo e Sangue de Jesus. É um encontro com o Senhor”.

Mas o que é exatamente uma oração? – perguntou o Papa que logo respondeu: “é antes de mais diálogo, relação pessoal com Deus. E o homem foi criado como um ser em relação pessoal com Deus que encontra a sua plena realização só no encontro com o seu Criador. O caminho da vida é em direção ao encontro definitivo com o Senhor”. E todos, como recorda o Livro do Gênesis, fomos criados para entrar numa relação perfeita de amor para podermos encontrar a plenitude do nosso ser.  Para isso, é necessário que vivamos em comunhão com o nosso Criador e com as pessoas que nos circundam. E, é na Eucaristia, na Missa, que isso se realiza.

O diálogo tem, todavia momentos de silêncio, disse Francisco, fazendo notar que às vezes vamos mais cedo à Missa e dedicamos esse tempo à conversa com outras pessoas, quando na realidade deveria ser um momento de preparação para o diálogo com Jesus. “O silêncio é muito importante! Recordai-vos aquilo que disse a semana passada: não vamos a um espetáculo, vamos ao encontro com o Senhor e o silêncio nos prepara e nos acompanha. Permanecer em silêncio com Jesus”.

Outro requisito para a oração prosseguiu o Papa, é saber dizer “Pai”. Tal como Jesus ensinou aos discípulos, devemos aprender a dizer “Pai”, isto é a pôr-se na presença do Pai com confiança filial.  E dizer “Pai ensina-me a rezar”. Isto requer humildade, reconhecer-se como filhos, confiar em Deus, fazer-se pequenos como as crianças. A primeira atitude é, portanto, confiança e confidencia, tal como as crianças com os pais. É “saber que Deus se recorda de ti, cuida de ti, de ti, de mim, de todos”.  

Outro aspecto essencial para a oração é, tal como as crianças, “deixar-se surpreender”. A oração não é falar com Deus à maneira dos papagaios. É confiar e abrir o coração para se deixar maravilhar, surpreender por Deus que é sempre encontro vivo, não um encontro de museu. É um encontro vivo e vamos à Missa, não a um Museu. “Vamos ao encontro vivo com o Senhor”. Francisco citou depois Nicodemos para falar do desejo de renascer, a alegria de recomeçar, que existe em cada um de nós. Mas como fazê-lo perante as tantas tragédias do mundo. Esta é a pergunta fundamental da nossa fé, frisou o Papa que perguntou insistentemente aos presentes se sentem o desejo de renascer sempre para encontro o Senhor. É que perante as numerosas atividades e projetos podemos não ter tempo e perder facilmente de vista para aquilo que é fundamental: “a nossa vida do coração, a nossa vida espiritual, a nossa vida que é encontro com o Senhor na oração.”




fonte: Radio Vaticano



anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Curtindo as belezas da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra as amigas Marinalva Denipotte Manfrin e Fabíola Campos Lucas. Uma ótima estada no País vizinho. Votos de breve recuperação a amiga Suzy Kristina dos Santos, que sofreu uma torção no tornozelo e está de repouso impossibilitada de andar. Estamos na torcida pela seu reestabelecimento. Grande abraço. Nosso Destaque VIP para a competente equipe do Kaskata Flutuante que serve a melhor comida da cidade. Forte abraço a família Natal que está a frente de bem servir os cacerenses e visitantes. Pra hoje fica a dica de saborear aquele delicioso peixe a La Kaskata.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados