Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Silval e ex-secretários são denunciados pelo MPE/MT
Data:02/02/2018 - Hora:09h12
Silval e ex-secretários são  denunciados pelo MPE/MT
Arquivo

O ex-governador Silval Barbosa foi novamente denunciado pelo Ministério Público Estadual. Desta vez, o ex-chefe do executivo estadual irá responder em uma ação de improbidade administrativa, juntamente com ex-secretários de sua gestão, além de procuradores do Estado.

Eles são acusados de causar um prejuízo de R$ 7,4 milhões aos cofres públicos. Silval Barbosa é acusado de ser o responsável por doar a Escola Técnica Estadual de Educação Profissional e Tecnológica de Diamantino para o Instituto Federal de Educação de Mato Grosso (IFMT), de forma irregular.

A ação também responsabiliza o ex-secretário de Estado de Administração, Francisco Faiad, além dos ex-secretários de Ciência e Tecnologia, Adriano Breunig, Rafael Bello Bastos e Rubiani Freire Alves. O MPE também a ponta como responsáveis os procuradores do Estado, Felipe da Rocha Florêncio, Nelson Pereira dos Santos e Waldemar Pinheiro dos Santos; o ex-coordenador de Educação Profissional e Tecnológica da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, Luiz Miguel Leite Cardoso; e a então superintendente da Educação Profissional Tecnológica, Tânia Aparecida Bartelli.

Todos foram denunciados pelo Ministério Público Estadual, onde visa o ressarcimento de R$ 7,4 milhões ao Estado.

Segundo o Ministério Público, o processo de expansão da Escola Técnica Estadual foi interrompido “em razão de abrupta iniciativa” do ex-governador Silval Barbosa, para que pudesse ser feita a doação para a União. “Ou seja, pretendia-se desalojar a Escola Técnica Estadual de Educação Profissional e Tecnológica de Diamantino de sua sede, a revelia de toda a infraestrutura nela instalada”, disse.

De acordo com o MPE, o processo nunca aconteceu de fato. “Tal colegiado, enquanto chefiado por Adriano Breunig, nunca elaborou qualquer documento, revelando-se como um mero artifício para dissimular a ausência de participação, ou de qualquer tipo de consulta, ao corpo do docente e discente da Escola Técnica Estadual de Educação Profissional e Tecnológica de Diamantino-MT. Objetivava-se a redução das atividades da ETE a qualquer custo, de modo a facilitar, quando senão justificar, o processo de doação e reduzir a resistência de seus servidores e alunos. A recusa a abertura de novos cursos e a contratação de pessoal, competiu ao Coordenador da Educação Profissional Tecnológica, Luiz Miguel Leite Cardoso, e à Superintendente da Educação Profissional Tecnológica, Tania Aparecida Bartelli”, destacou.

A doação ocorreu em maio de 2014, o que, segundo o MPE, “causou uma série de prejuízos ao corpo docente e discente, até então alheio aos detalhes do processo de doação”. 




fonte: Da Redação



anuncie aqui JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Flores multicoloridas a querida Lourdes Costa Marques que celebra neste dia data novo. Que nosso Criador lhe abençoe com um novo ano repleto de saúde e felicidades. Parabéns! Também trocando de idade hoje a charmosa Aline França, que na oportunidade recebe os abraços dos familiares e amigos. Sucessos e muitos anos de vida. Brinde especial a Ana Lucia Mattiello Miranda que amanhã colhe mais uma rosa no jardim de sua existência. Aninha desejamos a você as melhores coisas,  que esse novo ciclo de vida seja repleto de conquistas e que seus sonhos se tornem realidade. Tim tim...
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados