Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI
Coluna Religiosa: O maligno semeia a divisão entre nós
Data:27/1/2018 - Hora:12h56
Coluna Religiosa: O maligno semeia a divisão entre nós
Divulgação

A função do maligno é semear a divisão; é destruir o Reino de Deus; é colocar as pessoas umas contra as outras

“Se um reino se divide contra si mesmo, ele não poderá manter-se. Se uma família se divide contra si mesma, não poderá manter-se” (Marcos 3,25-26).

Quando as pessoas se dividem, elas se colocam umas contra as outras, e assim, começa uma verdadeira guerra, uma batalha, uma disputa, e aquilo que era para ser uma graça, uma bênção, aquilo que era motivo de união e comunhão, torna-se destroços.

Deus não quer a nossa família destruída, não quer a nossa casa destruída, pelo contrário, Ele quer a nossa família unida e salva. Não permitamos que as nossas famílias se dividam. Podemos ter divergências; pontos de vista diferentes; podemos não concordar em muitas coisas; ter atritos, conflitos, coisas divergentes que acontecem no seio de uma família; mas, ceder ao espírito divisor, colocar as pessoas umas contra as outras, é sinal de que o caminho da destruição está cada vez mais próximo.

Não precisamos ser iguais e nem concordar com todos igualmente. Quando pertencemos a uma comunidade, a uma igreja e as pessoas começam uma guerra de “gladiadores”- vivem se atacando; falam mal dos próprios irmãos da comunidade; dizem coisas horríveis da própria igreja; vemos de um lado fiéis falando dos padres; do outro lado: padres contra outros padres. Seja qual for a forma de divisão, ela é diabólica; e se nos colocamos uns contra os outros, começamos a nos destruir, o mal começa a entrar em nós.

O Reino de Deus não se faz na uniformidade, pelo contrário, ele se faz na unidade; o Reino de Deus não se faz somente por pessoas iguais, ele faz com que todas as pessoas estejam unidas no Cristo. Olhamos para o nosso corpo e nem tudo é igual: mãos, pernas, braços, mas todos se ligam, todos fomentam a comunhão, que forma um único corpo. Pensemos: se houver algum momento em que: a mão se colocaria contra a perna, isso acabaria com a unidade do corpo. Não podemos ceder ao divisor, ao maligno, que quer dividir as nossas famílias, onde Cristo é a cabeça. 

A função do maligno é semear a divisão, é destruir o Reino de Deus, é colocar as pessoas umas contra as outras.

Quando cedemos, vemos as ruínas onde encontram-se as nossas casas, as nossas famílias, a igreja a qual pertencemos, porque o maligno nos quer divididos, porém, não seguimos a ele. Seguimos nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que nos quer unidos a Ele.

Deus abençoe você!

 

Padre Roger Araújo: Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova




fonte: Padre Roger Araújo



anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
Flores multicoloridas a elegante Mayreley Rosa, que trocou de idade e recebeu os parabéns dos familiares e amigos. Você com seu brilho único  ilumina quem tem o privilégio de te conhecer. Que o nosso Bom Deus te conserve, te proteja para que você seja sempre assim uma amiga simples, sincera, verdadeira e muito especial. Parabéns e Feliz Aniversário! Embelezando nossa High Society a finess Vianez Lazzari que ontem colheu mais uma rosa no jardim da vida. Que Deus em sua infinita bondade te abençoe e te traga tudo de bom. Deseja a você muita alegria, paz, saúde e felicidades. O Grupo de Estudos Sistêmicos Saberes: Essência e Consciência discute hoje, 18, num workshop em Cáceres, a partir das 19h30, no Colégio Salesiano Santa Maria, sobre Saúde Sistêmica, uma oportunidade para compreender a doença. O Workshop será conduzido pelas professoras doutoras Elisabeth Battista e Márcia Dal Toé, da Escola Alemã Hellinger Schule.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados