Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Combate a dengue continua, na primeira quinzena do ano não foram registrados casos da doença em Cáce
Data:25/1/2018 - Hora:08h44
Combate a dengue continua, na primeira quinzena do ano não foram registrados casos da doença em Cáce
Divulgação

 

Nas duas primeiras semanas de 2018 não foram registrados casos de Dengue, Zica e Chikungunya em Cáceres. Apesar do começo positivo não se pode diminuir os cuidados para impedir a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. Em 2017 a Secretaria de Saúde de Cáceres notificou 105 casos de dengue, dos quais 57 foram confirmados por exames laboratoriais. Foram notificados 38 de Febre Chikungunya, dos quais 3 foram confirmados. No caso do Zika Virus foram 6 casos notificados e nenhum confirmado.

Por causa do período chuvoso, ocorre a necessidade do alerta para aumentar a atenção e os cuidados com essas doenças transmitidas por este vetor. No “Período Não Epidêmico”, as ações de Mobilização, Comunicação e Educação em Saúde são fundamentais para a mudança de comportamento e adoção de práticas para a manutenção do ambiente domiciliar preservando-o da infestação pelo Aedes Aegypti.

Para o prefeito Francis Maris Cruz a secretaria de saúde vem fazendo sua parte. “Estão programadas ações educativas com a população, além dos mutirões que já foram realizados. Precisamos do apoio da população para evitar criadouros do mosquito, é necessário que os cacerenses abram suas residências para que os agentes de saúde façam as vistorias, para assim diminuir ainda mais o número de pessoas que contraem essas doenças.”

Dengue, Zika e Chikungunya

A dengue, a zika e a chikungunya são três doenças que circulam no Brasil transmitidas pelo mesmo vetor: o mosquito Aedes aegypti. Todas elas têm as mesmas características sintomáticas: febre alta, dor no fundo dos olhos, vermelhidão na pele, coceira e distúrbios gástricos. A automedicação pode ser perigosa, principalmente em casos de dengue.

A melhor forma de prevenir essas doenças é a eliminação do vetor, ou seja, eliminar o mosquito. Para isso, é fundamental eliminar os criadouros do Aedes aegypti, que coloca seus ovos em recipientes com água parada. Eliminar garrafas, sacos plásticos e pneus velhos que ficam expostos à chuva, além de tampar recipientes que acumulam água como caixas d'água e piscina, são fundamentais para esse controle.




fonte: Ascom



anuncie JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Hoje nossas homenagens a aniversariante do dia Ronilma da Cunha Martins, que  celebra data nova. Querida amiga e irmã do coração, que Deus em sua infinita bondade lhe conceda um ano pleno de alegrias, saúde, amor e que seus sonhos se realizem. Receba nosso carinho hoje e sempre. Feliz Niver!!! Aplausos ao chefe da 4ª Ciretran de Cáceres, Marcos Eduardo Ribeiro, que esta semana foi homenageado pela Câmara Municipal, pelos relevantes trabalhos realizados juntamente com sua equipe. Merecendo destaque a campanha Maio Amarelo com a 1ª  Corrida e Passeio Ciclístico que arrecadou cerca de 2,5 toneladas de alimentos que foram doados a instituições filantrópicas da cidade, além de palestras educativas realizadas em empresas e escolas públicas e privadas. Bênçãos infinitas ao garotão Antônio Muniz (na foto ao lado da mãe Ariane Silva),   que recebeu o Sacramento da Crisma,  que completa o batismo e pelo qual recebe o dom do Espírito Santo, sob o sinal da imposição das mãos e da unção do óleo do Crisma. Que você Antônio esteja sempre no caminho do bem protegido pela unção do Espírito Santo com Deus sempre em teu coração.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados