Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Papel da sociedade no combate à transfobia é debatido na Sesp
Data:24/1/2018 - Hora:09h18
Papel da sociedade no combate  à transfobia é debatido na Sesp
Lenine Martins/Sesp-MT

Nome social, como identificar um gênero e como conhecer as demandas de uma pessoa trans. Estes foram alguns dos assuntos abordados durante a palestra, feita em roda, com o tema “O Papel da Sociedade no Combate à Transfobia”. O bate-papo teve início nesta segunda-feira (22.01), na sala multiuso da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). O objetivo é capacitar os servidores para um melhor tratamento, respeito e aceitação à pessoa LGBT (lésbica, gay, bissexual, transexual e travesti), principalmente no momento de prestar atendimento nos órgãos públicos.

“Homem trans gay, mulher trans ou transexual. Cada dia temos uma letra diferente e isso é bom. As pessoas têm saído do oculto e as palestras são voltadas a dar visualidade a essas categorias, para que a população venha se conscientizar para o quanto é importante o atendimento às pessoas trans”, afirma o secretário do Grupo Estadual de Combate ao Crime de Homofobia (GECCH), major Ricardo Bueno.

A roda de conversa foi aberta a todos da Sesp. Um dos palestrantes, que contou a própria experiência como homem trans, foi o comunicador e coordenador do Instituto Brasileiro de Transmasculinidade (Ibrat), Valentim da Costa Felix. Ele diz que divulgar sua existência é uma forma de quebrar o tabu dos trans para a sociedade. “Existe o preconceito e ele é a ausência do conhecimento, então, se eu não chegar e contar que eu preciso de um determinado direito ou serviço, não há como o Estado saber, ainda mais sendo participante de uma sociedade que é a minoria. Por isso é importante falar o que estamos precisando para que sejamos atendidos”, detalha.

Durante o bate-papo, a travesti Ariane Cury explicou sobre gêneros. “Gênero é algo que vai muito mais além de você ser ele ou ela. Eu não me resumo somente no meu corpo, nem da forma como as pessoas me veem". Ela ainda explica que gênero é ser o que a pessoa é, sendo o que quiser, sentindo-se confortável.

A palestra ainda contou com a presença de dois servidores da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Uma delas foi a enfermeira e técnica da SES, Viviane Franciscaini, que se sentiu mais confiante com o conhecimento adquirido na palestra. "Eu tinha uma ideia do senso comum, mas ouvindo as experiências deles foi muito bom para mim. Saio hoje uma pessoa melhor, mente aberta para poder compreender o que é uma pessoa trans”.

As palestras de Combate a Transfobia seguem até semana que vem. Nesta quarta-feira (24.01) será a vez dos servidores da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), na quinta-feira (25.01) é o Detran. A Politec, por sua vez, contará com a palestra na sexta-feira (26.01) e nos dias 29, 30 e 31 de janeiro será a vez da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.




fonte: Gizele Tavares/Sesp-MT



AREEIRA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Hoje nossas homenagens a aniversariante do dia Ronilma da Cunha Martins, que  celebra data nova. Querida amiga e irmã do coração, que Deus em sua infinita bondade lhe conceda um ano pleno de alegrias, saúde, amor e que seus sonhos se realizem. Receba nosso carinho hoje e sempre. Feliz Niver!!! Aplausos ao chefe da 4ª Ciretran de Cáceres, Marcos Eduardo Ribeiro, que esta semana foi homenageado pela Câmara Municipal, pelos relevantes trabalhos realizados juntamente com sua equipe. Merecendo destaque a campanha Maio Amarelo com a 1ª  Corrida e Passeio Ciclístico que arrecadou cerca de 2,5 toneladas de alimentos que foram doados a instituições filantrópicas da cidade, além de palestras educativas realizadas em empresas e escolas públicas e privadas. Bênçãos infinitas ao garotão Antônio Muniz (na foto ao lado da mãe Ariane Silva),   que recebeu o Sacramento da Crisma,  que completa o batismo e pelo qual recebe o dom do Espírito Santo, sob o sinal da imposição das mãos e da unção do óleo do Crisma. Que você Antônio esteja sempre no caminho do bem protegido pela unção do Espírito Santo com Deus sempre em teu coração.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados