Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 24 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Músico cacerense é reconhecido como mestre pelo Prêmio Culturas Populares
Data:09/1/2018 - Hora:08h36
Músico cacerense é reconhecido como  mestre pelo Prêmio Culturas Populares
Divulgação

O cacerense Milton Pereira Pinho, compositor, músico e pesquisador, conhecido no meio artístico como Guapo foi reconhecido como Mestre, pelo Prêmio Culturas Populares: Edição Leandro Gomes de Barros, do Ministério da Cultura.

O Prêmio Culturas Populares: Edição Leandro Gomes de Barros, do Ministério da Cultura, que consagrou Guapo como mestre,  tem como  objetivo preservar e valorizar as diversas formas de expressões culturais espalhadas em todos os cantos do Brasil, trata-se de reconhecimento da importância de nossas tradições e do que as mantêm vivas e potentes em todas as regiões do país.

O concurso lançado em junho do ano passado registrou o maior número de inscritos, atingindo 2.862 participantes. Foram selecionados no total 600 candidatos que foram agraciados com R$ 10 mil cada. Do total de premiados, 258 são do Nordeste, 251 do Sudeste, 42 do Norte, 28 do Sul e 21 do Centro-Oeste.

História: Guapo que teve uma educação musical bem colocada pelo pai professor, matemático e físico, que considerava educar os ouvidos com todo tipo de música, para distinguir a qualidade é uma das expressões maiores da cultura mato-grossense.

A vivência no Pantanal com sua riqueza sonora, sons de pássaros e animais, juntamente com a vivência no meio popular, bailes, festa de santo e outros festejos populares, influenciaram-no decisivamente. De sua mãe, lavadeira ribeirinha, herdou e aprimorou o gosto popular: das lendas e mitos ribeirinhos. A mistura da influência paterna e materna, gerou o vivo interesse pela ciência e pela sensibilidade do conhecimento popular, que lhe suscitou o jeito autodidata de músico e pesquisador. Com 18 anos começou a tocar violão e nunca mais largou. Sempre gostou de pintura, literatura, cinema e poesia.

Milton Pereira de Pinho, Guapo, nascido em 1951, em Cáceres/MT. Descendente da velha estirpe mato-grossense desde 1725 quando Antonio de Pinho Azevedo, sertanista de Arouca – Lamego – Portugal, chegou em Cuiabá e casou com a cuiabana Doroteia dos Prazeres.

É filho de pai violeiro, tio cantor que se expressava em várias línguas: Português, Espanhol e Guarani. Sua avó paterna, Yolanda Widal de Pinho, era pianista, seu avô materno, Zacaria Pereira de Lima, era cururueiro (violeiro folclórico). (Colaborou Revista Biografia)

 



fonte: Da Redação



AREEIRA JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
Curtindo as belezas da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra as amigas Marinalva Denipotte Manfrin e Fabíola Campos Lucas. Uma ótima estada no País vizinho. Votos de breve recuperação a amiga Suzy Kristina dos Santos, que sofreu uma torção no tornozelo e está de repouso impossibilitada de andar. Estamos na torcida pela seu reestabelecimento. Grande abraço. Nosso Destaque VIP para a competente equipe do Kaskata Flutuante que serve a melhor comida da cidade. Forte abraço a família Natal que está a frente de bem servir os cacerenses e visitantes. Pra hoje fica a dica de saborear aquele delicioso peixe a La Kaskata.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados