Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 24 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
CNMP admite insuficiência em mais 80% das delegacias
Data:20/12/2017 - Hora:08h26
CNMP admite insuficiência  em mais 80% das delegacias
Pedro Miguel

Relatório do Conselho Nacional do Ministério Público divulgado na última segunda-feira (18) traz o retrato da precariedade das delegacias de Polícia Civil de Mato Grosso. Só 27 das 158 delegacias do estado, que correspondem a 17,09%, contam com efetivo suficiente para atender a demanda. Da região Centro-Oeste, a situação de Mato Grosso é pior que a de Mato Grosso do Sul, que tem 25% das delegacias operando com efetivo inferior ao necessário. Já em Goiás apenas 8,60% das delegacias atendem com efetivo suficiente e o Distrito Federal, 12,24%.

O estudo foi feito no segundo semestre de 2016 nas delegacias da região Centro-Oeste e os dados divulgados foram compilados pela Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública do CNMP. O levantamento também traz dados sobre a presença do delegado nos plantões policiais por meio de sobreaviso.

Nesse quesito, Mato Grosso aparece em primeiro lugar. Em 84,18% das delegacias, os delegados ficam de sobreaviso. Em seguida, aparecem Mato Grosso do Sul (79,03%), Goiás (65,95%) e Distrito Federal (36,73%). Mais de 30% das delegacias do estado não possuem cela para abrigar os presos sob custódia, o que representa a 50 unidades prisionais.

No estado, 127 delegacias, que corresponde a 80,38%, estão com objetos apreendidos há mais de 12 meses e o levantamento do CNMP ainda avaliou a conservação das celas de custódias nas delegacias. De acordo com o relatório, mais da metade das unidades em Mato Grosso foram consideradas péssimas ou regulares.

Ao todo, 31 delegacias que possuem cela para carceragem foram avaliadas como péssimas. Outras 50 foram consideradas regulares; 24 como boas e três ótimas. Das 158 delegacias no estado, 108 responderam ao questionário aplicado para a avaliação e no Centro-Oeste, Mato Grosso é o estado com o maior número de delegacias apontadas como péssimas e quase 100% das delegacias possuem inquéritos policiais em tramitação há mais de dois anos. De acordo com o CNMP, isso significa que das 158 unidades, 145 ainda investigam crimes.




fonte: G1/MT com Redação



anuncie aqui anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
Curtindo as belezas da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra as amigas Marinalva Denipotte Manfrin e Fabíola Campos Lucas. Uma ótima estada no País vizinho. Votos de breve recuperação a amiga Suzy Kristina dos Santos, que sofreu uma torção no tornozelo e está de repouso impossibilitada de andar. Estamos na torcida pela seu reestabelecimento. Grande abraço. Nosso Destaque VIP para a competente equipe do Kaskata Flutuante que serve a melhor comida da cidade. Forte abraço a família Natal que está a frente de bem servir os cacerenses e visitantes. Pra hoje fica a dica de saborear aquele delicioso peixe a La Kaskata.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados