Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 20 de Outubro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Globalização e a reforma da Educação
Data:20/12/2017 - Hora:08h12

De 1980 para cá todos os Governos seguem uma cartilha política do tipo “fachada”, divulgando estatísticas que mostram a diminuição do analfabetismo e o aumento do ingresso da população ao ensino superior, porém, na prática, demonstra o tal “faz-de-conta” usando um marketing político; onde vende a imagem que somos um País democrático e, gradativamente, ocorre uma diminuição da miséria, além da desigualdade social. Com o pensamento neoliberal na década de 80, surgiu a globalização. Podemos entender que a globalização neoliberal tem transformado a educação em ''comércio'' e algo rentável, esse o princípio básico do neoliberalismo. Não trazendo benefícios e sim, prejuízo à educação e à população, pois não está visando o cidadão como importante mas, sim, a política e o financeiro do País.

Trouxe mais um mundo tecnológico destinado a formar trabalhadores competitivos e com conhecimentos tecnológicos, nada social, nem pessoal. Apenas trazendo ao Brasil mais desemprego e fome. Não tentam extinguir o preconceito e sim equalizar, ou seja, apenas "abafar o caso". Não trazendo solução alguma. Prejudicando a educação, pois só pensa no desenvolvimento do País e não do ser humano. Beneficiando apenas grandes multinacionais. Concluindo que, a Globalização neoliberal somente prejudicou a educação, visando apenas o interesse da Federação, deixando os problemas e as responsabilidades aos Estados e aos Municípios. Cabendo aqui aquele popular ditado: o rico cada vez fica mais rico, e o pobre cada vez fica mais pobre.

Por outro lado, as pesquisas revelam que 66% dos jovens que ingressam nas universidades, no Brasil, são analfabetos funcionais, demonstrando que o plano educacional é incorreto e puramente demagógico. Tal ação reflete também a face maquiavélica, de falta de respeito e bom senso aos cidadãos brasileiros que batalham por um salário vergonhoso e humilhante. No âmbito geral, essas leis ferem os princípios de cidadania e dos artigos da Constituição Federal que garantem o acesso de qualquer pessoa a um ensino de qualidade, independente de raça, cor, credo e condição social.

***___Rubens Shirassu Júnior, escritor e pedagogo de Presidente Prudente, São Paulo. Autor, entre outros, de Religar às Origens (1980-2010 - ensaios e artigos, 2011) e Sombras da Teia (contos, 2016)




fonte: Rubens Shirassu Júnior



AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Querida amiga Adriana Barbosa Barros, hoje você inicia uma nova jornada, e neste momento de alegria em que celebra mais um ano de vida,  nós as Ex-Imaculadas temos muito orgulho em compartilhar da sua amizade por tantos anos. Hoje desejamos felicidades, rogando ao Criador que ilumine ainda mais seu caminho para que possa conquistar todos os seus sonhos. Parabéns amiga!!! Que a vida continue agraciando você com muito amor, saúde, sucesso e paz. Que o dia de hoje lhe traga muita alegria e surpresas boas. Seja muito feliz hoje e para sempre! Feliz Aniversário! Felicidades pra você, Edson Flávio, por este dia tão especial que é o seu aniversário.  Que você possa ter muitos anos de vida abençoados e felizes, e que os anos futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados. Receba nosso carinho especial hoje. Feliz Aniversário. Flores multicoloridas a finess aniversariante Marisa Klein Dias. Que a vida continue sorrindo e presenteando você com as melhores graças, com muito amor, com muita saúde, amizade e felicidades mil. Desejos de um dia muito feliz e que você possa celebrar a vida por muitos anos.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados