Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 20 de Outubro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Homilia do Papa Francisco
Data:09/12/2017 - Hora:08h25
Homilia do Papa Francisco
Reprodução

Para seguir Jesus é preciso saber arriscar, sem receio de «parecer ridículos» e sem ser «demasiado educados»; e nisto «as mulheres são mais capazes que os homens». O convite «a não ficar sentados na vida, parados a ver», foi relançado pelo Papa na missa celebrada na sexta-feira, 13 de janeiro, na capela da Casa Santa Marta. Para a sua reflexão, Francisco partiu do trecho evangélico de Marcos (2, 1-12) proposto pela liturgia, que narra a chegada de Jesus a Cafarnaum: «Reuniu-se uma tal multidão, que não podiam encontrar lugar nem junto da porta». Mas pode-se pensar que «aquela gente segue Jesus por interesse próprio, para obter algo; talvez: a saúde, uma palavra de conforto». Por conseguinte, o Evangelho conta-nos acerca «desta gente» que «ia atrás de Jesus, caminhava, procurava-o porquê havia n'Ele algo que a atraía: aquela autoridade com a qual ele falava, as coisas que dizia e como as dizia, fazia-se compreender». E além disso, Jesus «curava e muitas pessoas seguiam-no para que ele as curasse». Houve ocasiões, afirmou o Papa, nas quais «o povo o queria fazer rei, porque pensava: “Este é o político perfeito e com ele as coisas correrão bem, não haverá problemas”». Mas «o povo errava» ao pensar assim. E, com efeito, «Jesus foi embora, escondeu-se». Mas também é verdade que «Jesus deixava sempre que o povo o seguisse com esta pureza de intenção não total, imperfeita, porque sabia que todos somos pecadores».

Na realidade «o problema maior – insistiu Francisco – não eram aqueles que seguiam Jesus, mas os que ficavam parados», os homens «parados, que estavam, na margem do caminho, olhavam, sentados». Marcos, no seu Evangelho, narra que ao verem a multidão em volta de Jesus «pensavam consigo mesmos: “Que gente ignorante, que gente supersticiosa!”». Mas «quantas vezes – reconheceu o Papa – também a nós, quando vemos a piedade das pessoas simples, nos vem em mente aquele clericalismo que tanto mal faz à Igreja e julgamos as pessoas simples» pensando que são «supersticiosas».

Sem dúvida, «o povo é pecador, como eu sou pecador, todos o somos». Mas o povo «procura Jesus, procura algo, procura a salvação». Ao contrário, aquele «grupo» de homens «parados estavam ali, na varanda, a olhar e a julgar». E «há outros “parados” na vida: pensemos naquele que desde há trinta e oito anos estava à beira do tanque, parado, amargurado pela vida, sem esperança – “nada a fazer, assim não se pode” – e digeria a própria amargura» afirmou o Papa referindo-se à cura do paralítico no tanque Betesda em Jerusalém, narrada por João no seu Evangelho (5, 1-9). Também aquele homem «era outro parado que não seguia Jesus nem tinha esperança». E ainda, prosseguiu, «pensemos na pecadora na casa de Simão: entrou ali, desesperada, chorou, os cabelos desleixados, com o perfume na mão. E Simão olhou para ela e disse: “Desenvergonhada, se ele fosse um profeta e soubesse quem ela é!”». Também aquela mulher «arriscou ser julgada». Assim como «a samaritana arriscou quando começou a discutir com Jesus: sendo ela adúltera, arriscou e encontrou a salvação». Em síntese, são todas histórias de mulheres. Será porque «as mulheres arriscam mais que os homens: é verdade, são mais corajosas e devemos reconhecer isto». «Seguir Jesus não é fácil – prosseguiu o Pontífice – mas é bom e arrisca-se sempre, e muitas vezes tornamo-nos ridículos». Mas «encontra-se uma coisa importante: são-te perdoados os pecados». Porque «por detrás daquela graça que pedimos – a saúde ou a solução para um problema ou para o que for – há vontade de sermos curados na alma, de sermos perdoados».

***___ news.va/pt/news/




fonte: news.va/pt/news



anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
High Society
Querida amiga Adriana Barbosa Barros, hoje você inicia uma nova jornada, e neste momento de alegria em que celebra mais um ano de vida,  nós as Ex-Imaculadas temos muito orgulho em compartilhar da sua amizade por tantos anos. Hoje desejamos felicidades, rogando ao Criador que ilumine ainda mais seu caminho para que possa conquistar todos os seus sonhos. Parabéns amiga!!! Que a vida continue agraciando você com muito amor, saúde, sucesso e paz. Que o dia de hoje lhe traga muita alegria e surpresas boas. Seja muito feliz hoje e para sempre! Feliz Aniversário! Felicidades pra você, Edson Flávio, por este dia tão especial que é o seu aniversário.  Que você possa ter muitos anos de vida abençoados e felizes, e que os anos futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados. Receba nosso carinho especial hoje. Feliz Aniversário. Flores multicoloridas a finess aniversariante Marisa Klein Dias. Que a vida continue sorrindo e presenteando você com as melhores graças, com muito amor, com muita saúde, amizade e felicidades mil. Desejos de um dia muito feliz e que você possa celebrar a vida por muitos anos.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados