Diretora administrativa: Rosane Michels
Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Black Gasosa Day
Data:06/12/2017 - Hora:07h53
Black Gasosa Day
Reprodução Web

Depois do outubro rosa, num país que nunca foi um mar de rosas; de um novembro azul, que pelo menos aqui em Cáceres, os médicos da saúde pública não quiseram ter aquele dedo de prosa com os machos cinqüentões e subseqüentes; anunciam um dezembro vermelho, de prevenção a AIDS, mas que deve servir também ao bolso do sofrido consumidor lesado diariamente pelo governo ladravaz. Contra o vírus HIV, felizmente existe um CTA/SAE, cuja equipe ultra apta, bem organizada e competente desempenha um excelente trabalho preventivo. O mesmo não se pode esperar de dezembro a dezembro vermelhos, no buraco do pano da calça, da algibeira, da carteira, da poupança, enfim, da nossa grana surrupiada via impostos e aumentos de preços, e o salário infimínimo, ó,... no fundo do poço. Pois bem, prá variar, pra começar dezembro com Papai Noel às avessas, o temerário governo num Black-December, aumentou pela enésima vez este ano os preços dos combustíveis, dados divulgados na sexta-feira (1º) pela Agência Nacional do Petróleo, a tal ANP. Dizem que é um aumentinho de 0,7% em relação ao aumento da semana passada, a quinta alta semanal seguida, ou seja, em 35 dias, mais de 25% só neste segundo semestre e não adianta ficar fazendo previsões otimistas de que o aumento dos combustíveis terá pouco impacto na inflação ou que o repasse será reduzido. Não é preciso ser bidu ou economista pra saber de cór e salteado, que os aumentos no preço dos combustíveis, alteram o preço de todos os produtos e serviços, mas agente explica: isto acontece por basicamente dois motivos, um deles real, o outro psicológico. O motivo real é que um aumento do combustível, obviamente, causa um aumento do custo de transporte, que aumenta o custo de produção levando o empresário a subir o preço de seu produto final para compensar os maiores custos. A proporção não é exata. O aumento do combustível para um taxista e para uma empresa de transporte tem peso significativo em seus custos, já para outros setores econômicos, onde o petróleo não é matéria prima direta o impacto é menor, mas existe. Mas, com menor ou maior intensidade a quase totalidade dos setores tem os custos de produção aumentados com o aumento do combustível. Por outro lado, o motivo psicológico é causado pelo efeito manada. O comerciante raciocina e age: “se todos estão aumentando preços, então também vou aumentar os meus”. Isto é causado pela má gestão administrativa, onde pequenos e médios estabelecimentos têm preços de venda definido por seu proprietário de maneira aleatória, não existindo uma política de preços baseado no custo com uma margem de lucro adicionada, mas apenas se estima os custos e como tudo subiu de preço a lógica é seguir a manada e subir o preço. Trocando em miúdos, gente, se correr o bicho pega, se ficar, o bicho come, e o bicho, todos sabem quem é, o governo, com seu discurso demagogo de não criar impostos, como o da gasolina... e criar pra quê?  Aumenta-se as alíquotas dos existentes, 15,9% de tributos federais (PIS/ Cofins e Cide) e 35,1% de ICMS, chegando-se a carga tributária total sobre o preço da gasolina a 51%. E joga 2,7% de inflação no salário mínimo, porque segundo os políticos, pobre só presta pra votar e ainda vive de teimoso. Tá explicado, ou precisa cortar os tês e pingar os Is? Bom Dia!




fonte: Da Redação



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Endereçamos votos de felicidades a querida Maria Luzia que trocou de idade recebendo o carinho e abraços dos amigos e familiares. Que Papai do Céu lhe cubra com o manto da  saúde e amor. Está acontecendo no estacionamento do Juba Supermercados, sito a Rua Padre Cassemiro, a Feira do Livro Espírita realizada pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes. A feira que teve início ontem reúne inúmeras obras dos mais renomados autores espíritas. O evento  segue até sábado das 9h às 21h. Vale conferir. Flores multicoloridas a nossa querida assinante Alzira Lindote, Dona Giroca, que acompanha todas as manhãs nosso matutino. Obrigada pela leitura e por todos esses anos prestigiando o nosso jornal.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados