Diretora administrativa: Rosane Michels
Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Promessas e descaso levam hospital a fechar as portas
Data:30/11/2017 - Hora:09h15
Promessas e descaso levam hospital a fechar as portas
JCC

Promessas politiqueiras, uso do hospital em sorteios duvidosos e falta de repasses do governo, jogaram entidade na rua da amargura, clamando por socorro.

Com cinco folhas de pagamento em atraso e sem verbas para o 13º salário deste ano, o Hospital O Bom Samaritano de Cáceres, está fechado ao atendimento medico ambulatorial, segundo relatou o Presidente da instituição, o neuro-psicólogo Jefferson Arguelho dos Santos. Conforme ele, a situação não está mais critica, porque o último Festival de Prêmios deu pra bancar duas folhas de salários dos funcionários, (maio e junho).

O hospital filantrópico de tradição estadual e regional no tratamento de doenças dermatológicas como pênfigo, (fogo selvagem), hanseníase, leishmaniose e úlceras alérgicas dentre outros, encontra-se agonizante no que tange a recursos, sobrevivendo apenas de R$ 35 mil/ano de repasse do município de Cáceres e ajuda da sociedade cacerense. A crise tem se acentuado, com oito meses de atraso do repasse mensal de R$ 53 mil do SUS.

Indagado acerca dos repasses da Princesinha da Sorte que utilizava nas cartelas o nome do hospital como detentor do resgate dos títulos de capitalização objeto dos sorteios, Arguelho disse que o Bom Samaritano recebeu no período de quase um ano das vendas das cartelas, (R$ 10,00 cada) tão somente quatro parcelas de R$ 1.000,00.

Só pra ilustrar, o Título de Capitalização Princesinha da Sorte realizou o seu segundo sorteio na cidade de Cáceres, ao vivo por um canal de TV, em dezembro do ano passado, na semana de natal e há cerca de um mês, sem nenhuma explicação, deixou de vender as cartelas/títulos e realizar sorteios na cidade.

Arguelho disse inclusive que havia providenciado um oficio a administradora da Princesinha da Sorte, para retirar o nome do Bom Samaritano como beneficiária do resgate do titulo de capitalização, diante da ausência de informações sobre ativo e passivo e conseqüentes repasses do liquido ao hospital, exigência da Susep para a exploração dos sorteios. Conforme a legislação vigente, ao adquirir o título de capitalização, o comprador participando dos sorteios previstos no certificado, colabora para a manutenção de uma entidade filantrópica, cedendo 100% do direito de resgate, à instituição afim.

A direção do Bom Samaritano de Cáceres comunica que continua aberta a doações voluntárias da sociedade, pois só para atualizar a  folha de pagamento a unidade teria hoje que desembolsar mais de R$ 200 mil, com base numa folha mensal de 40 mil reais, mais 13 mil reais de encargos.




fonte: Da Reportagem Local



anuncie aqui JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Endereçamos votos de felicidades a querida Maria Luzia que trocou de idade recebendo o carinho e abraços dos amigos e familiares. Que Papai do Céu lhe cubra com o manto da  saúde e amor. Está acontecendo no estacionamento do Juba Supermercados, sito a Rua Padre Cassemiro, a Feira do Livro Espírita realizada pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes. A feira que teve início ontem reúne inúmeras obras dos mais renomados autores espíritas. O evento  segue até sábado das 9h às 21h. Vale conferir. Flores multicoloridas a nossa querida assinante Alzira Lindote, Dona Giroca, que acompanha todas as manhãs nosso matutino. Obrigada pela leitura e por todos esses anos prestigiando o nosso jornal.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados