Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 18 de Julho de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI
Promessas e descaso levam hospital a fechar as portas
Data:30/11/2017 - Hora:09h15
Promessas e descaso levam hospital a fechar as portas
JCC

Promessas politiqueiras, uso do hospital em sorteios duvidosos e falta de repasses do governo, jogaram entidade na rua da amargura, clamando por socorro.

Com cinco folhas de pagamento em atraso e sem verbas para o 13º salário deste ano, o Hospital O Bom Samaritano de Cáceres, está fechado ao atendimento medico ambulatorial, segundo relatou o Presidente da instituição, o neuro-psicólogo Jefferson Arguelho dos Santos. Conforme ele, a situação não está mais critica, porque o último Festival de Prêmios deu pra bancar duas folhas de salários dos funcionários, (maio e junho).

O hospital filantrópico de tradição estadual e regional no tratamento de doenças dermatológicas como pênfigo, (fogo selvagem), hanseníase, leishmaniose e úlceras alérgicas dentre outros, encontra-se agonizante no que tange a recursos, sobrevivendo apenas de R$ 35 mil/ano de repasse do município de Cáceres e ajuda da sociedade cacerense. A crise tem se acentuado, com oito meses de atraso do repasse mensal de R$ 53 mil do SUS.

Indagado acerca dos repasses da Princesinha da Sorte que utilizava nas cartelas o nome do hospital como detentor do resgate dos títulos de capitalização objeto dos sorteios, Arguelho disse que o Bom Samaritano recebeu no período de quase um ano das vendas das cartelas, (R$ 10,00 cada) tão somente quatro parcelas de R$ 1.000,00.

Só pra ilustrar, o Título de Capitalização Princesinha da Sorte realizou o seu segundo sorteio na cidade de Cáceres, ao vivo por um canal de TV, em dezembro do ano passado, na semana de natal e há cerca de um mês, sem nenhuma explicação, deixou de vender as cartelas/títulos e realizar sorteios na cidade.

Arguelho disse inclusive que havia providenciado um oficio a administradora da Princesinha da Sorte, para retirar o nome do Bom Samaritano como beneficiária do resgate do titulo de capitalização, diante da ausência de informações sobre ativo e passivo e conseqüentes repasses do liquido ao hospital, exigência da Susep para a exploração dos sorteios. Conforme a legislação vigente, ao adquirir o título de capitalização, o comprador participando dos sorteios previstos no certificado, colabora para a manutenção de uma entidade filantrópica, cedendo 100% do direito de resgate, à instituição afim.

A direção do Bom Samaritano de Cáceres comunica que continua aberta a doações voluntárias da sociedade, pois só para atualizar a  folha de pagamento a unidade teria hoje que desembolsar mais de R$ 200 mil, com base numa folha mensal de 40 mil reais, mais 13 mil reais de encargos.




fonte: Da Reportagem Local



JBA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
Nossas felicitações ao educador físico Stevan S. Peres que nesta data comemora mais um ano de existência  e recebe o carinho especial dos familiares e amigos.  Feliz Aniversário com votos de felicidades, realizações, saúde e prosperidades. Que Deus em sua infinita bondade lhe reserve muitos anos de vida. Parabéns!!! Embelezando nossa High Society nesta quarta-feira, Danyelli Aniceto Silva a quem desejamos felicidades pela passagem de mais uma primavera. Felicidades hoje e sempre. Votos de breve recuperação a Erni Pinheiro Saravy, ele que no fim de semana  passou por procedimento cirúrgico. Estimamos sua melhora.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados