Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 18 de Julho de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Justiça Federal manda retirar o Pégasus da orla do Paraguai
Data:29/11/2017 - Hora:08h45
Justiça Federal manda retirar o Pégasus da orla do Paraguai
Arquivo
Relatório aponta irregularidades no sistema elétrico de bordo sem geradores e os fios, cabos e tomadas de corrente, desprovidos da proteção de eletrodutos.
 
O Ministério Público Federal em Mato Grosso obteve na Justiça Federal a antecipação de tutela de ação civil pública para retirada de embarcação Pégasus irregularmente atracada às margens do Rio Paraguai. Segundo a ação, o barco de Epaminondas Antônio da Silva além de oferecer risco à segurança da navegação é um potencial elemento de poluição das águas devido à falta de manutenção e equipamentos de segurança necessários.
De acordo com o relatório de inspeção naval realizado pela Agência Fluvial de Cáceres, graves irregularidades foram constatadas, entre elas, o sistema elétrico de bordo encontra-se inoperante devido à falta de geradores; fios, cabos e tomadas de corrente de acessórios não estão protegidos por meio de eletrodutos e não estão instalados de forma que drenem acúmulo de água. Além disso, na praça de máquinas, onde há risco de explosão por acúmulo de gases, os interruptores, tomadas de corrente, luminárias e demais equipamentos elétricos não são à prova de explosão.
O relatório conclui que a embarcação de inscrição nº 48200666331 é um risco à segurança da navegação e ao meio ambiente. “O local onde a mesma se encontra atracada é perpendicular ao canal de navegação, e se vier a naufragar poderá fechar ou obstruir parcialmente o canal, interrompendo o fluxo de embarcação que operam naquele local”, explica a Agência Fluvial no relatório.
“Outro risco iminente, caso a embarcação venha a naufragar, é de poluição hídrica por hidrocarbonetos, devido ao acúmulo de óleo no fundo de sua praça de máquinas, que, conseqüentemente, ocasionará transtornos e prejuízos não só materiais, bem como social e ambiental”, conclui o relatório.
Dessa forma, a Justiça Federal deferiu a antecipação da tutela para determinar que o requerido remova a embarcação do local e promova sua adequada manutenção, sendo proibido o descarte de quaisquer resíduos no Rio Paraguai.



fonte: MPF/MT com Redação



JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Nossas felicitações ao educador físico Stevan S. Peres que nesta data comemora mais um ano de existência  e recebe o carinho especial dos familiares e amigos.  Feliz Aniversário com votos de felicidades, realizações, saúde e prosperidades. Que Deus em sua infinita bondade lhe reserve muitos anos de vida. Parabéns!!! Embelezando nossa High Society nesta quarta-feira, Danyelli Aniceto Silva a quem desejamos felicidades pela passagem de mais uma primavera. Felicidades hoje e sempre. Votos de breve recuperação a Erni Pinheiro Saravy, ele que no fim de semana  passou por procedimento cirúrgico. Estimamos sua melhora.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados