Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Justiça Federal autoriza vistorias no prédio em ruínas do Humaitá
Data:24/11/2017 - Hora:08h47
Justiça Federal autoriza vistorias no prédio em ruínas do Humaitá
JCC

O Ministério Público Federal em Mato Grosso conseguiu perante a Justiça Federal em Cáceres, tutela antecipada em ação civil pública para que o município realize vistoria técnica no imóvel do antigo Clube Humaitá, em estado de abandono há anos. Por meio da ação, o MPF pretende obrigar os responsáveis pelo imóvel a realizar obras emergenciais de contenção da deterioração e, posteriormente, vedação dos acessos, que permitem atualmente a entrada de qualquer pessoa. Caso as obras não sejam realizadas pelos particulares, o Poder Público deve realizá-las, sendo ressarcido posteriormente pelos custos. O imóvel, tombado pelo Município de Cáceres, está localizado no centro histórico, que também recebeu tombamento estadual e federal. Apesar de ter sido sede de um importante clube, o prédio está abandonado há anos e vem se deteriorando com infiltrações e destruição da cobertura metálica. “Apesar da relevância histórica e sentimental para inúmeras famílias cacerenses que cresceram freqüentando o espaço, o atual estado do imóvel é de franca deterioração, com extremo risco a sua integridade, especialmente em razão do processo de extinção irregular do clube, que provocou um total abandono do imóvel”, diz um dos trechos da ação.

No entorno, encontra-se o prédio do antigo Governo Municipal, que foi incendiado em outubro de 2015, e também a sede da Câmara Municipal, atualmente sem uso em razão de sua interdição. Esses fatores agravaram o risco de danos incalculáveis no imóvel do Clube Humaitá, como um incêndio.

Ainda existem duas piscinas que acumulam água da chuva e não recebem nenhum tipo de tratamento, fato que já ensejou denúncias a respeito da possibilidade de proliferação de mosquitos Aedes Aegypti.

Uma pretensa doação do imóvel ao Município vem sendo tratada há anos, também sem sucesso. Após a realização da vistoria técnica, a Justiça Federal decidirá sobre as obras de reparo e vedação.

O antigo clube Humaitá, palco de memoráveis bailes, paqueras, atos solenes, etc., foi desativado há cerca de duas décadas e as intempéries típicas do abandono, deixou o prédio em estado de semi-ruina, não prosperando a deliberação dos antigos sócios proprietários, que por maioria absoluta em assembleia-geral no dia 19 de janeiro do ano passado, haviam decidido doar o patrimônio ao município. O que a reportagem do Correio Cacerense constatou in-loco no final de semana, foram janelas quebradas, porta escancarada, telhado ruindo, piso estragado, enfim, espaço em completo estado de abandono.  




fonte: Assessoria



anuncie JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
High Society
Celebrou em grande estilo a maioridade a linda Gabi Fornanciari que na oportunidade recebeu os familiares e amigos. Que esse novo ano venha recheado de conquistas, saúde e muitas felicidades são os votos da família do JCC.  Com  atraso mas em tempo de desejar felicidades ao professor Elvis Sacramento, que na oportunidade recebeu o carinho dos alunos do Q.I Centro Educacional, dos amigos e familiares. Que essa data se repita por muitos anos são os nossos mais sinceros votos. Feliz Niver! Na city curtindo merecidas férias Erni Pinheiro Saravy, que aproveita os dias de folga para rever familiares e amigos, além é claro de apreciar as belezas da Princesinha.  Desejamos ótima estada e bom descanso.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados