Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Justiça Federal autoriza vistorias no prédio em ruínas do Humaitá
Data:24/11/2017 - Hora:08h47
Justiça Federal autoriza vistorias no prédio em ruínas do Humaitá
JCC

O Ministério Público Federal em Mato Grosso conseguiu perante a Justiça Federal em Cáceres, tutela antecipada em ação civil pública para que o município realize vistoria técnica no imóvel do antigo Clube Humaitá, em estado de abandono há anos. Por meio da ação, o MPF pretende obrigar os responsáveis pelo imóvel a realizar obras emergenciais de contenção da deterioração e, posteriormente, vedação dos acessos, que permitem atualmente a entrada de qualquer pessoa. Caso as obras não sejam realizadas pelos particulares, o Poder Público deve realizá-las, sendo ressarcido posteriormente pelos custos. O imóvel, tombado pelo Município de Cáceres, está localizado no centro histórico, que também recebeu tombamento estadual e federal. Apesar de ter sido sede de um importante clube, o prédio está abandonado há anos e vem se deteriorando com infiltrações e destruição da cobertura metálica. “Apesar da relevância histórica e sentimental para inúmeras famílias cacerenses que cresceram freqüentando o espaço, o atual estado do imóvel é de franca deterioração, com extremo risco a sua integridade, especialmente em razão do processo de extinção irregular do clube, que provocou um total abandono do imóvel”, diz um dos trechos da ação.

No entorno, encontra-se o prédio do antigo Governo Municipal, que foi incendiado em outubro de 2015, e também a sede da Câmara Municipal, atualmente sem uso em razão de sua interdição. Esses fatores agravaram o risco de danos incalculáveis no imóvel do Clube Humaitá, como um incêndio.

Ainda existem duas piscinas que acumulam água da chuva e não recebem nenhum tipo de tratamento, fato que já ensejou denúncias a respeito da possibilidade de proliferação de mosquitos Aedes Aegypti.

Uma pretensa doação do imóvel ao Município vem sendo tratada há anos, também sem sucesso. Após a realização da vistoria técnica, a Justiça Federal decidirá sobre as obras de reparo e vedação.

O antigo clube Humaitá, palco de memoráveis bailes, paqueras, atos solenes, etc., foi desativado há cerca de duas décadas e as intempéries típicas do abandono, deixou o prédio em estado de semi-ruina, não prosperando a deliberação dos antigos sócios proprietários, que por maioria absoluta em assembleia-geral no dia 19 de janeiro do ano passado, haviam decidido doar o patrimônio ao município. O que a reportagem do Correio Cacerense constatou in-loco no final de semana, foram janelas quebradas, porta escancarada, telhado ruindo, piso estragado, enfim, espaço em completo estado de abandono.  




fonte: Assessoria



anuncie aqui JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Endereçamos votos de felicidades a querida Maria Luzia que trocou de idade recebendo o carinho e abraços dos amigos e familiares. Que Papai do Céu lhe cubra com o manto da  saúde e amor. Está acontecendo no estacionamento do Juba Supermercados, sito a Rua Padre Cassemiro, a Feira do Livro Espírita realizada pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes. A feira que teve início ontem reúne inúmeras obras dos mais renomados autores espíritas. O evento  segue até sábado das 9h às 21h. Vale conferir. Flores multicoloridas a nossa querida assinante Alzira Lindote, Dona Giroca, que acompanha todas as manhãs nosso matutino. Obrigada pela leitura e por todos esses anos prestigiando o nosso jornal.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados