Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 24 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Roda Mundo, Roda Pião
Data:13/11/2017 - Hora:08h28
Roda Mundo, Roda Pião
Reprodução Web

Pois bem amigos, como dizia o imortal vivo Chico Buarque, “Tem dias que a gente se sente, Como quem partiu ou morreu, A gente estancou de repente, Ou foi o mundo então que cresceu, A gente quer ter voz ativa, No nosso destino mandar, Mas eis que chega a roda-viva

E carrega o destino pra lá,” então, né? A gente perde a voz ativa, não dá, e a comadre se revolta, porque o povo não sai mais nas ruas para protestar contra o Leviatã?... mas tudo tem uma explicação, Dona Maria, o povo se cansou de levar bordoadas da policia, spray de pimenta na cara, remar contra a maré num país cujo tsunami amoral destrói dia a dia o que ainda resta do que foi um dia. Pra quem não sabe, Hobbes nos dá uma clara noção do Leviatã, um rei com poderes absolutos que, pelo medo, governa a vida de todos, acima das leis, sem limites para suas ações com a falsa desculpa de garantir a vida, a prosperidade e a paz. Contudo, a história demonstrou que o uso da força, do autoritarismo e da repressão, geram sociedades em que prevalece a desigualdade, a instabilidade e o esvaziamento da discussão política. Nesta falência moral, a gentil pátria amada, o Estado: território, povo e soberania, reduzido a soberania, cujo território vai devagar e sempre, sendo rifado pelos soberanos a preço de bananas e o povo, que pague a diferença. Exemplos? Muitos, vários e diversos, não precisa ir longe: Há aproximadamente 15 dias, que o hospital municipal de Confresa, (norte de MT) não realiza cirurgias eletivas, por falta de recursos, que desde julho o governo não repassa; A Escola Estadual 13 de Maio, em Sorriso, recebeu da Seduc R$ 0,45 pra merenda escolar diária por aluno, convenhamos, não dá pra tomar meio chafezinho, imagine com bolachas! A Santa Casa de Misericórdia de Pontes e Lacerda paralisou o atendimento por falta de repasses do governo, quase R$ 2 milhões, atrasados há quatro meses. Chora Seu Zé, Dona Maria e as crianças, sem merenda, sem remédios, bancando o atendimento vip do ministro da saúde Ricardo Barros no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O nosso empregado ministro,  se sentiu mal e foi atendido no próprio hospital, passando por exame clínico, um eletrocardiograma e as cirurgias de cateterismo e angioplastia, tudo as custas do pobre trabalhador, nós, a gente, Seu Clemente. Estas são apenas umas das muitas coisas que acontecem no cotidiano do Leviatã Temerário, onde o voto de um deputado ou senador semi-analfabeto vale mais, que o de 11 doutores da Magna Corte Suprema de Justiça. Onde deputado expede alvará de soltura sobrepondo-se a juízes e fica o dito pelo não dito. Onde o povo leva fumo e o STF julga se mantém ou não, a proibição da fabricação e venda de cigarros com sabor artificial. Só pra finalizar, o governo de Mato Grosso chega a gastar dez vezes mais com um preso do que com um aluno por mês. Enquanto o custo mensal com um único detento (assaltante assassino e ou estuprador) chega a ser de R$ 5 mil/mês, o investimento em um estudante é de R$ 500,00/mês, em média, e durma-se com um barulho destes: semana passada, os detentos de Mato Grosso iniciaram uma greve de fome para cobrar melhorias nas estruturas das penitenciárias e nos serviços prestados pelo governo. Melhor a gente fazer um hiato e mudar de assunto na próxima edição; Bom Final de Semana, Será?




fonte: Da Redação



anuncie anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Curtindo as belezas da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra as amigas Marinalva Denipotte Manfrin e Fabíola Campos Lucas. Uma ótima estada no País vizinho. Votos de breve recuperação a amiga Suzy Kristina dos Santos, que sofreu uma torção no tornozelo e está de repouso impossibilitada de andar. Estamos na torcida pela seu reestabelecimento. Grande abraço. Nosso Destaque VIP para a competente equipe do Kaskata Flutuante que serve a melhor comida da cidade. Forte abraço a família Natal que está a frente de bem servir os cacerenses e visitantes. Pra hoje fica a dica de saborear aquele delicioso peixe a La Kaskata.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados