Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 18 de Novembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Prefeitos de Cáceres e Poconé avaliam Pantanal sustentável
Data:26/10/2017 - Hora:08h50
Prefeitos de Cáceres e Poconé avaliam Pantanal sustentável
Mayke Toscano

Representantes do setor produtivo e os prefeitos dos municípios de Poconé e Cáceres se reuniram com o governador Pedro Taques na terça-feira (24), em Cuiabá, para apresentar uma normativa que oficializa a exploração sustentável do Pantanal Mato-grossense. A proposta é baseada no decreto 14273/2015 que já está em vigor no Mato Grosso do Sul e que estabelece a exploração da atividade agropecuária do Pantanal sem danos ambientais e com base nas recomendações técnicas dos órgãos oficiais de pesquisa.

De acordo com produtor Francisco Golbery Albuquerque, há muitas áreas sem utilização e que a normativa contribuiria em questões como economicidade ambiental e social. “Temos muitas áreas sem utilização e que estão se perdendo. Uma das alternativas é a substituição da pastagem nativa por pastagem artificial”, afirmou.

O secretário executivo da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), André Baby, informou que o Estado já vem estudando o decreto desde o ano passado por considerá-lo viável. “Neste primeiro momento estamos ouvindo a todos para tomarmos a melhor decisão. Isso nos propicia fazer políticas públicas sustentáveis para que aquela região tenha uma economia saudável, sustentável e que cada vez mais ela possa ser reconhecida, não só como um patrimônio ambiental, mas também cultural, de riqueza e de preservação”, destacou o secretário.

Em Poconé e em Cáceres, a agropecuária é uma das principais atividades econômicas de geração de renda. Por ano a produção chega a mais de 3 milhões de cabeças de gado nos municípios que compõem a bacia pantaneira, conforme salientou o prefeito de Cáceres, Francis Maris.

“O Pantanal é único e precisamos ter as mesmas leis de conservação, as mesmas leis é que permitem desenvolver o Pantanal economicamente, com sustentabilidade. Hoje os nossos fazendeiros/pantaneiros estão quebrando financeiramente, em virtude de todas as proibições e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), tem caído assustadoramente. Precisamos reverter isso”.

O governador Pedro Taques reforçou o interesse pela adesão ao projeto e comunicou que o decreto será assinado em Poconé. A previsão é de que seja finalizado em dezembro deste ano, com possibilidade de se estender até janeiro de 2018. O decreto já está em apreciação na Sema e as próximas etapas incluem a adequações, encaminhamentos para o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Assembléia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).




fonte: Secom com Redação



AREEIRA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
 Trabalhando na nova coleção para exposição 2018 na Austrália, o artista plástico Sebastião Mendes. A exposição acontecerá em Sidney com a curadoria da marchand Sandra Setti. Talento sabemos que tem de sobra, só nos resta desejar muito mais sucessos.    O click de hoje vai para a gatinha Eloah Valentina, que encanta com seu jeitinho sapeca de ser. Beijinhos!!! Em festa ontem Joaquim Sodré marcou mais um golaço no placar da vida e recebeu o carinho especial dos amigos e familiares. Que Deus lhe conceda um ano de realizações e muita saúde.  Parabéns pra você!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados