Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 23 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Protesto de familiares de presos bloqueia pista da BR em Cáceres
Data:24/10/2017 - Hora:09h21
Protesto de familiares de presos bloqueia pista da BR em Cáceres
whatsApp

Uma mobilização de familiares de presos do cadeião do Nova Era em Cáceres, bloqueou na tarde de anteontem, 22, a BR-070 na entrada da cidade reivindicando a retomada das visitas aos presos durante a atual paralisação dos agentes penitenciários. Integrantes do movimento, (a maioria mulheres de presidiários) incendiaram pneus e lascas de madeira, causando um pequeno incêndio sobre a pista, atrapalhando o tráfego de veículos.

A ação dos familiares dos presos é em conseqüência da greve dos agentes penitenciários, deflagrada sábado (21) suspendendo as visitas aos detentos, reivindicando reajuste salarial.

Conforme testemunhas que não quiseram se identificar com receio de represálias, as manifestantes, cerca de 30 mulheres, participaram do manifesto, fechando a rodovia, incendiando pneus e paralisando o transito durante cerca de uma hora. Uma delas, Renata Souza Menezes disse que a manifestação não era contra a paralisação dos agentes, e sim contra os governantes. “Pedimos que o governador interceda pelo final dessa greve, estamos sendo penalizadas, pois não conseguimos fazer as nossas visitas aos nossos familiares, continuaremos manifestando até que os governantes atentam as reivindicações dos agentes prisionais”, afirmou.

As manifestações começaram na manhã do domingo (22), na frente da Cadeia Pública de Cáceres e no período da tarde elas decidiram fechar a pista da BR 070. Renata disse que elas passaram a noite em frente a Cadeia de Cáceres, ameaçando fechar a Ponte Marechal Rondon, ponte sob o Rio Paraguai, sem prazo de liberação, caso não haja uma solução.

Também ontem, 23, cerca de 15 familiares de presos, protestaram em frente ao Centro de Ressocialização de Cuiabá, no Bairro Carumbé, exigindo o direito de visitação aos presos. Além de faixas e cartazes com os dizeres “estamos aqui pelos nossos familiares, não pelo crime que cometeram” e “exigimos a lei nº 7210 art: 41”, as mulheres queimaram pneus, interditando a rua.

A greve dos agentes penitenciários foi considerada ilegal pelo desembargador João Ferreira Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, acatando pedido do Governo estabelecendo multa diária de R$ 50 mil, caso ela seja mantida.




fonte: Da Redação



anuncie JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
High Society
Curtindo as belezas da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra as amigas Marinalva Denipotte Manfrin e Fabíola Campos Lucas. Uma ótima estada no País vizinho. Votos de breve recuperação a amiga Suzy Kristina dos Santos, que sofreu uma torção no tornozelo e está de repouso impossibilitada de andar. Estamos na torcida pela seu reestabelecimento. Grande abraço. Nosso Destaque VIP para a competente equipe do Kaskata Flutuante que serve a melhor comida da cidade. Forte abraço a família Natal que está a frente de bem servir os cacerenses e visitantes. Pra hoje fica a dica de saborear aquele delicioso peixe a La Kaskata.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados