Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Dia das Crianças
Data:11/10/2017 - Hora:08h03

Amanhã, 12 de outubro, é comemorado no Brasil o Dia da Criança, data que existe desde o ano de 1924, aliás, o Brasil foi um dos primeiros países a ter uma data especialmente dedicada às crianças, antes de a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), a estabelecer um Dia Internacional para o mesmo tema em 1959. Para entender a história da instituição desse dia no Brasil e a sua popularização, faz-se necessário compreender um pouco do que se entende por infância no mundo ocidental. Muitos especialistas em história da infância, como o historiador francês Philippe Ariès, asseguram que o conceito de infância, ou criança, tal como o concebemos hoje, foi socialmente construído a partir do século XVIII. Naquele século, as primeiras teses acerca da pedagogia moderna – como as de Jean-Jacques Rousseau, elaboradas em sua obra Emílio, ou Da Educação – começaram a pensar a criança de acordo com as singularidades físicas, cognitivas e sociais que ela apresenta. Nesse sentido, pautas como o desenvolvimento da estrutura corporal e do aprendizado escolar de acordo com a idade começaram a entrar nas discussões políticas, sobretudo após a Revolução Francesa.

As legislações dos Estados Nacionais do século XIX, aparadas nas idéias liberais herdadas do Iluminismo e da Revolução Francesa, solidificaram essa nova concepção de infância. Os cuidados com a criança passaram a ser função não apenas de seu núcleo familiar, mas também do Estado. A cidade do Rio de Janeiro (então capital do Brasil), em 1923, sediou o 3º Congresso Sul-Americano da Criança. Nessa época, o país era governado por Arthur Bernardes. Um dos deputados federais da época, chamado de Galdino do Valle Filho, valendo-se da atmosfera reflexiva que o congresso deixara na capital, elaborou, no ano seguinte (1924), um projeto que objetivava a criação de um dia nacional dedicado à criança. Sua proposta era a de que esse dia fosse 12 de outubro. O projeto de Galdino foi aprovado, e o presidente Arthur Bernardes oficializou o Dia da Criança por meio do Decreto n. 4867, de 05 de novembro de 1924. Entretanto, a data não suscitou de imediato a aclamação popular. Seriam necessários cerca de 30 anos para que o Dia das Crianças entrasse no “gosto do povo” no Brasil. Isso aconteceu a partir de 1955, quando a marca Estrela, de fabricação de brinquedos, deu início a uma campanha nacional para a venda de seus produtos intitulada “Semana do Bebê Robusto”. A campanha consistia em valer-se do Dia da Criança como mote de vendas. Dez anos depois, em 1965, foi a vez da empresa Johnson & Johnson dedicar-se ao mesmo tipo de projeto, com a campanha “Bebê Johnson 65”. A partir de então, o Dia da Criança, que havia sido criado em 1924, passou a ser disseminado em todo o território do país. ***___Cláudio Fernandes




fonte: Cláudio Fernandes



anuncie aqui anuncie JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Destaque VIP as advogadas Cibeli Simãos dos Santos, Adriana do Nascimento e Camila Vanini, que participaram no final de novembro da XXIII Conferência Nacional da Advocacia Brasileira. Sempre buscando novos conhecimentos o Escritório de Advocacia Simões Santos e Nascimento investe em sua equipe. Parabéns Doutoras. Flores multicoloridas a uma pessoa muito especial em minha vida, minha tia Maria da Conceição, Festejou 88 anos de vida bem vivida a querida professora Didi a quem enviamos votos de saúde e que a felicidade seja uma constante em sua vida, cultivando esse sorriso cativante que sempre carrega no rosto. Parabéns pra você!!! Na foto com o bisneto Bruno.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados