Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Laudo da Mãe Gentil
Data:09/08/2017 - Hora:08h01
Laudo da Mãe Gentil
Reprodução Web

Brasil, ano de 2050, testando... dois, testando, dois, ... alô, alô Marciano, aqui quem fala é da Terra,  Alô, alô, marciano; Aqui quem fala é da Terra; Pra variar estamos em guerra; Você não imagina a loucura; O ser humano tá na maior fissura porque; Tá cada vez mais down the high society;... solfejando o sucesso dos anos 80 na voz de Elis, composição da dupla Rita Lee/Roberto de Carvalho, estamos no ar, será? Pra quem crê, psicografando o laudo necroscópico de um país chamado Brasil em meados da segunda década do século XXI.  E como disse Lucas Tadeu Lourencette, com muito pesar, estamos em rede nacional, declarar que, infelizmente, a República Federativa do Brasil está falecida, pois já naquela época, o povo não tinha direito a nada, tampouco o direito eram ouvidos. Todas as instituições haviam sido corrompidas, tudo girava em torno do dinheiro, da ambição, do Poder, do egoísmo e do egocentrismo. E a causa-mortis da Gentil Pátria Amada Brasil, a falência múltipla dos órgãos governamentais, mercê do vírus acoplado em Brasília, local onde pulsava o sangue para o restante das células vitais do Estado. Em tempos de dengue, zika e chikungunya, tentaram encontrar a vacina ou um soro para a cura, porém, essa doença deixou raízes para o resto do corpo, comprometendo toda a sua estrutura. E prossegue nosso amigo Lourencette, essas raízes foram aparecendo, e o Estado nem sequer quis ir ao médico para verificar aquelas pequenas feridas de tratamento fácil e simplificado. Sem ouvir o povo, (plebiscito só existia no papel), o tal vírus (corruptitucocus) foi o responsável pela ineficiência da autodefesa do corpo do Estado brasileiro. Assim, começaram a surgir doenças, como a ineficácia das instituições públicas de ensino. O sistema de saúde nem visto foi, não há testemunhas para relatar se realmente existiu ou não, mas, ao que tudo indica, parece que não, pois não sobrou ninguém para contar. O crime organizado também surgiu de forma violenta e acelerada e muito organizada, é claro. Essa enfermidade já existia havia muito tempo, devido a omissão do Estado ao não tomar o remédio certo.

Não podemos ignorar o vírus-imoral-antiético, tão cruel, que conseguiu atingir todas as esferas possíveis e imagináveis, desde o setor público até os meios de comunicação, falsos moralistas, responsáveis em revelar os infortúnios até mesmo no âmbito privado. Falando em privada, é melhor puxar a descarga! Mamãe Terra agradece mais um dejeto não tratado nos rios! Reduzindo, que nosso espaço é curto, Seu Lourencette, mas valeu a dica, que finalizamos com o laudo, impossível de descrever todas as doenças que o falecido Estado continha. Possível  entretanto, apontar a sua principal doença, que é a responsável por todos os outros males causados pelo inoculado vírus, a maldita corrupção, que estava sugando todos os recursos saudáveis e os transformando em pó, cerceando os investimentos essenciais às áreas vitais e não vitais do corpo da extinta República Federativa do Brasil. ***___(a quatro mãos com Lucas Tadeu Lourencette)




fonte: Redação com Lucas Tadeu Lourencette



anuncie JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Endereçamos votos de felicidades a querida Maria Luzia que trocou de idade recebendo o carinho e abraços dos amigos e familiares. Que Papai do Céu lhe cubra com o manto da  saúde e amor. Está acontecendo no estacionamento do Juba Supermercados, sito a Rua Padre Cassemiro, a Feira do Livro Espírita realizada pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes. A feira que teve início ontem reúne inúmeras obras dos mais renomados autores espíritas. O evento  segue até sábado das 9h às 21h. Vale conferir. Flores multicoloridas a nossa querida assinante Alzira Lindote, Dona Giroca, que acompanha todas as manhãs nosso matutino. Obrigada pela leitura e por todos esses anos prestigiando o nosso jornal.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados