Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 24 de Junho de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
CANOPUS
CGJ e CIJ lançam campanha contra exploração e abuso infanto-juvenil
Data:04/05/2017 - Hora:08h23
CGJ e CIJ lançam campanha contra exploração e abuso infanto-juvenil
Tony Ribeiro

A juíza auxiliar da Corregedoria-geral da Justiça de Mato Grosso e coordenadora adjunta da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), Jaqueline Cherulli, abriu a campanha de combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes com uma oficina na tarde desta terça-feira (2 de maio). O evento aconteceu no auditório desembargador Gervásio Leite, situado na sede do Tribunal de Justiça do Estado.

A iniciativa foi escolhida para este período por marcar o mês em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de maio. Entretanto, o objetivo é, principalmente, preventivo de acordo com a magistrada coordenadora. “Discutiremos temas muito relevantes neste encontro, como a inclusão de 28 novos artigos ao Estatuto da Criança e Adolescente a exemplo do bullying e alienação parental, a massificação do aplicativo de celular do SOS Criança (Disque 100) e o lançamento da cartilha da CIJ ‘Não se esconda denuncie disque 100’ ”, ressalta.

Outra ação que será promovida pela CGJ-MT neste mês é o adesivamento de veículos dos juízes que trabalham com ações de Infância e Juventude em todas comarcas mato-grossenses. Assim como, a distribuição da cartilha aos alunos da rede pública de ensino estadual e municipal.

A atividade da campanha reúne membros do Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT), secretarias Estadual e Municipal de Educação e Saúde e representantes de outras instituições que compõem a rede de enfrentamento ao tema.

“Nos unimos, Poder Executivo e Judiciário, para promover ações que facilitem o acesso de crianças e adolescentes às formas de abuso e violência e para isso usamos linguagem simplificada e de fácil entendimento. A finalidade é deixar claro para qualquer pessoa quando um ato representa crime infanto-juvenil”, esclarece Cherulli.

Parceria que segundo a presidente do Conselho Estadual da Criança e Adolescente, Cleide Eliane de Souza, busca assegurar os direitos de crianças e adolescentes por meio da informação. “Cada ente público tem sua responsabilidade nesta cooperação, alguns de disseminar a informação, outros de identificar os crimes afetos ao tema e o Judiciário, apurar e punir crimes desta natureza. Todos com um único propósito, defender os menores”.

Cartilha – As informações contidas na cartilha elaborada pela CIJ detalham o que é abuso, quais os tipos de violência, os sinais que apresentam uma criança ou adolescente que sofreu abuso, o perfil do abusador e onde denunciar. Também faz parte do conteúdo negligência e abandono, trabalho infantil, tráfico de crianças e adolescentes e abuso e exploração sexual.




fonte: Viviane Moura



JBA anuncie aqui LAB. LIDER
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Trocou de idade essa semana, a gatíssima Kalyssa, que na oportunidade recebeu o carinho especial da mãe Karla, das irmãs e amigos que cantaram o tradicional Parabéns. Que Deus derrame infinitas bênçãos em sua vida. Curtindo merecido descanso pelas praia de Natal a nossa querida amiga Daici Forgiarini Bastos, a quem desejamos uma ótima estadia. Aproveite ao máximo esses dias.  Nossos parabéns a Viviane Muniz que ontem colheu mais uma rosa no jardim de sua existência. Felicidades e muitos anos de vida é o que lhes desejamos. Na foto ao lado do filho.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados