Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 22 de Junho de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
CANOPUS
A ditadura do preconceito
Data:28/04/2017 - Hora:10h00

A ditadura do preconceito desponta  em todas as classes sociais  e lugares, dai a razão de percebermos  a todo instante em  nosso convívio, atitudes de desrespeito e desconsideração  que constituem uma das mais drásticas e destrutivas  mazelas  nas relações  da humanidade.

Julgar alguém  simplesmente pela aparência,  engessa a inteligência e faz gerar toda sorte de discriminação e descontrole. Desta forma, nesse jogo “segregador”  de separação e escolhas  de pessoas ou de grupos sociais, fatalmente podemos provocar  infelicidades às  pessoas, desencadeando lágrimas secas e invisíveis,  e em consequência cultuarmos  injustiças , ou até distorção de  contextos, fomentando e  violando  direitos humanos.

Portanto, enquanto vivermos pensando apenas no supérfluo, na vaidade do poder transitório e da acumulação de bens,  classificando  pessoas pela ótica dos interesses, com certeza o tédio, a angustia  serão nossos parceiros mais  íntimos e contínuos nos momentos de reflexões. 

A espiritualização do ser nos emprestará  sempre recursos para que possamos aceitar e entender os nossos limites, a aceitar o outro com os seus acertos e desacertos,  valorizando cada  fato com a singeleza e beleza perceptível apenas nas mínimas coisas que nos acontecem e que verdadeiramente nos tornarão melhores a cada amanhecer e dia após dia passamos a entender as pessoas com as suas desigualdades presentes.

Ao passarmos a ver os outros sem prejulgamento e sem recusas antecipadas, nos permitirá  perceber a existência sobre outro prisma, diferente daquele que costumeiramente  o tínhamos, possibilitando-nos a certeza de que estamos em permanente construção e crescimento, que perfeição não existe, por isso,  é que a tolerância para com os que nos cercam, nunca poderá estar no limite da rejeição, pois todos nós estamos em fase de  reconstrução sempre a cada erro ou a cada deslize, e se ainda estamos por aqui, é por que ainda temos muito a fazer, e mesmo depois da partida, tenha a certeza que a nossa vida será uma forma de lições para quem fica. 

A nossa passagem por esta vida é muito rápida, mas o suficiente longa para cometermos erros irreparáveis, julgando muitas vezes com extremo rigor e pouca tolerância, assumindo atitudes individualistas, que por vezes são  dispensáveis, simuladas e até agressivas ao círculo em que vivemos.            

Economista Wilson Carlos Fuáh – É Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas. Fale com o Autor: wilsonfua@gmail.com        




fonte: Wilson Carlos Fuáh



JBA anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Um click para a gatinha Nicole Brumati Rodrigues Soares, filha do casal Pedro e Rosimar, que encanta a todos com seu jeitinho sapeca de ser. Puro charme e simpatia. Beijinhos!!!!!! Parabenizamos toda a equipe da Prefeitura Municipal de Cáceres, através da SICMATUR que não mediram esforços para que mais um ano o Festival de Pesca fosse sucesso total. Organização, entretenimento, atrações e show de pescaria foi o que se viu durante os cinco dias de festa. Em nome do Prefeito Francis Maris, da Vice-Prefeita Eliene Liberato, do Secretário Junior Cezar Trindade e do guia turístico Claudionor Duarte, parabenizamos a todos que trabalharam direta ou indiretamente para o sucesso do FIPe. Nossos aplausos!!! Festejando data nova a simpática atendente do Laboratório Líder, Vanderleia Rodrigues, a quem desejamos muita saúde e prosperidades. Que Deus lhe conceda muitas vitórias nesse novo ano de vida.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados