Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 22 de Junho de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Operário VG é punido, perde seis pontos e acaba rebaixado no estadual
Data:28/04/2017 - Hora:09h00
Operário VG é punido, perde seis pontos e acaba rebaixado no estadual
Lucas de Senna

Chicote da Fronteira escalou o volante Lê de forma irregular na primeira rodada do Mato-Grossense; com a punição, o Cacerense se beneficia e fica na elite

 

O Operário VG está rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Mato-Grossense e o Cacerense salvo da queda. A equipe de Várzea Grande perdeu seis pontos pela escalação irregular do volante Lê na primeira rodada do estadual - vitória por 3 a 2 sobre o Mixto. Por unanimidade, o Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT) julgou e puniu o Tricolor além de aplicar multa de R$ 500. Com isso, o time ficou em último lugar com apenas um ponto (havia somado sete) e beneficiou o Cacerense que antes era o rebaixado do Grupo A. 

            A equipe de Cáceres foi quem denunciou o Operário VG e com a punição fechou a primeira fase em quarto colocado com três pontos. A defesa do Operário VG afirmou que vai recorrer da decisão, mas até outro julgamento o time está na Segunda Divisão do Campeonato Mato-Grossense. 

            O caso é idêntico ao do União que também perdeu seis pontos pela escalação irregular de jogadores, mas no caso do Colorado o time perdeu "apenas" a vaga na semifinal para o Dom Bosco. 

            Com o rebaixamento, a elite do futebol mato-grossense fica sem os "Operários". No grupo B, o Operário FC também foi rebaixado sem nenhuma vitória no torneio. 

Entenda o caso do Tricolor

 - A procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT) pediu a perda de 37 pontos do Operário Várzea-grandense e multa de R$ 10 mil, no recurso formulado pelo Cacerense que acusou o Chicote da Fronteira de ter relacionado o volante Lê de forma irregular na primeira rodada do Campeonato mato-grossense. O atleta foi expulso na final do Mato-Grossense 2016 quando ainda atuava pelo Sinop e deveria ter cumprido a suspensão no campeonato subsequente. 

            O atleta não entrou em campo na vitória do Operário VG por 3 a 2 diante do Mixto, no dia 29 de janeiro, mas de acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), basta o jogador estar relacionado para ser considerado irregular. A procuradoria utilizou o Art. 214 do CBJD, que pede perda de três pontos mais os pontos conquistados na partida. De fato, o atleta foi relacionado e ficou no banco de reservas. 

 




fonte: Globo Esportes



LAB. LIDER anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Um click para a gatinha Nicole Brumati Rodrigues Soares, filha do casal Pedro e Rosimar, que encanta a todos com seu jeitinho sapeca de ser. Puro charme e simpatia. Beijinhos!!!!!! Parabenizamos toda a equipe da Prefeitura Municipal de Cáceres, através da SICMATUR que não mediram esforços para que mais um ano o Festival de Pesca fosse sucesso total. Organização, entretenimento, atrações e show de pescaria foi o que se viu durante os cinco dias de festa. Em nome do Prefeito Francis Maris, da Vice-Prefeita Eliene Liberato, do Secretário Junior Cezar Trindade e do guia turístico Claudionor Duarte, parabenizamos a todos que trabalharam direta ou indiretamente para o sucesso do FIPe. Nossos aplausos!!! Festejando data nova a simpática atendente do Laboratório Líder, Vanderleia Rodrigues, a quem desejamos muita saúde e prosperidades. Que Deus lhe conceda muitas vitórias nesse novo ano de vida.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados