Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Ser Mulher
Data:08/03/2017 - Hora:08h19
Ser Mulher
Reprodução Web

Mais uma vez chegamos ao dia 8 de março, consagrado às mulheres, registrado com justiça e méritos no calendário mundial, como o Dia Internacional delas, as rainhas da vida, bênçãos divinas em nossa vida, seja esposa, mãe, filha, sobrinha, chefe, mestra, enfim, aquela flor que perfuma nossos caminhos, ilumina nossos dias e faz de seus atos, a verdadeira razão de nosso viver. Historicamente, esta data  é o resultado de uma série de fatos, lutas e reivindicações das mulheres por melhores condições de trabalho e direitos sociais e políticos, que tiveram início na segunda metade do século XIX e se estenderam até as primeiras décadas do XX. Foi exatamente há 160 anos passados, num  8 de março do ano de 1857, que trabalhadores de uma indústria têxtil de Nova Iorque fizeram greve por melhores condições de trabalho e igualdades de direitos trabalhistas para as mulheres. O movimento foi reprimido com violência pela polícia e em 8 de março de 1908, trabalhadoras do comércio de agulhas de Nova Iorque, fizeram uma manifestação para lembrar o movimento de 1857 e exigir o voto feminino e fim do trabalho infantil. Este movimento também foi reprimido pela polícia. No dia 25 de março de 1911, cerca de 145 trabalhadores (maioria mulheres) morreram queimados num incêndio numa fábrica de tecidos em Nova Iorque. As mortes ocorreram em função das precárias condições de segurança no local. Como reação, o fato trágico provocou várias mudanças nas leis trabalhistas e de segurança de trabalho, gerando melhores condições para os trabalhadores norte-americanos. Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem ao movimento pelos direitos das mulheres e como forma de obter apoio internacional para luta em favor do direito de voto para as mulheres (sufrágio universal). Mas somente no ano de 1975, durante o Ano Internacional da Mulher, que a ONU (Organização das Nações Unidas) passou a celebrar o Dia Internacional da Mulher em 8 de março. Os tempos não importam e sim, os motivos que levaram estas guerreiras a lutar pelos seus direitos e décadas passadas, várias foram e tem sido as conquistas das mulheres em distintos horizontes, não obstante ainda as desigualdades sociais que as limitam no mundo machista.  No Brasil, apenas no dia 24 de fevereiro de 1932 elas conquistaram o direito do voto e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo e embora sendo maioria no universo tupiniquim, representam uma minoria insignificante, quando o tema é corrupção, digamos, um tapa na cara de muitos ditos machos. Queremos nesta quarta feira, homenageando as Márcias, Rosanes, Janainas, Evas, Trianas, e... sem esquecer saudosamente a nossa eterna Chefe, Mãe, Irmã, Orfélia Michelis, estender nosso preito de congratulações pela efeméride, à todas as mulheres de Cáceres, de Mato Grosso e do Brasil. Ser mulher, é  viver mil vezes em apenas uma vida,  lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora,  estar antes do ontem e depois do amanhã e desconhecer a palavra recompensa apesar dos seus atos. É caminhar na dúvida cheia de certezas, correr atrás das nuvens num dia de sol e alcançar o sol num dia de chuva. É chorar de alegria e muitas vezes sorrir com tristeza, acreditar quando ninguém mais acredita, cancelar sonhos em prol de terceiros e esperar quando ninguém mais espera. É hospedar dentro de si o sentimento do perdão,  cicatrizar feridas de outros e inúmeras vezes deixar as suas próprias feridas sangrando. Enfim, ser mulher é ser princesa aos 20, Rainha aos 30, Imperatriz aos 40 e "Especial" a vida toda, ter sido escolhida por Deus para colocar no mundo os homens. Ser mulher é acima de tudo um estado de espírito, ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo! (Colaborou  Silvana Duboc). 

 




fonte: Daniel Alves Macedo



AREEIRA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
 Trabalhando na nova coleção para exposição 2018 na Austrália, o artista plástico Sebastião Mendes. A exposição acontecerá em Sidney com a curadoria da marchand Sandra Setti. Talento sabemos que tem de sobra, só nos resta desejar muito mais sucessos.    O click de hoje vai para a gatinha Eloah Valentina, que encanta com seu jeitinho sapeca de ser. Beijinhos!!! Em festa ontem Joaquim Sodré marcou mais um golaço no placar da vida e recebeu o carinho especial dos amigos e familiares. Que Deus lhe conceda um ano de realizações e muita saúde.  Parabéns pra você!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados