Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Superávit de Mentiras
Data:20/12/2016 - Hora:07h40
Superávit de Mentiras
Reprodução Web

Natal batendo a porta, Ano Novo chegando e a ladainha política da enganação que toma fôlego durante estas festas, deixa na tela das ditas grande mídias, a falsa informação do rombo previdenciário, segundo a tendenciosa imprensa, culpa dos assalariados. Um rombo bilionário, para justificar a reforma previdenciária, como sempre, sacrificando o povo, nós, a gente, que se rebola pra sobreviver com a merreca de R$ 880,00. Tudo enganação, amigos, tanto é falsa a informação, que a verdade se escamoteia no fundo falso, do fato gerador. Pode até ser verdade que o rombo exista, duvidamos muito, mas o fato gerador, nunca seria os assalariados, ou a questão da longevidade dos aposentados e ou pensionistas. Ouvidos moucos aos economistas selecionados pelo poder e seus comparsas de mídia, buscamos argumentos sólidos na tese da Dra. Denise Gentil, mestra em economia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, sem eco na grande mídia e o leitor deve saber porque; Óbvio, porque a mestra comprova com clareza, que ao invés de déficit, o que existe realmente na previdência social é superávit, senão vejamos: O Governo pega a receita de contribuições previdenciárias ao INSS, que é apenas uma das fontes de receita, e deduz (subtrai) dessa receita o total dos gastos com benefícios previdenciários. Por esse cálculo que o Governo divulgou que nós teríamos em 2015 um [falso] déficit de 85 bilhões de reais.Mas, não explica o preceito constitucional a respeito: Nos artigos 194 e 195 a Constituição Federal cria oSistema de Seguridade Social dentro do qual estão todos os benefícios previdenciários, os benefícios sociais e o amparo à saúde. Podemos chamar esse sistema de “tripé da proteção social”, que compreende Saúde, Previdência Social e Assistência Social.Importante destacar, que os benefícios do INSS (ex.: aposentadorias, pensões, auxílios, etc.) estão dentro da Previdência Social. Para executar essa proteção social, esses artigos também definem a Receita que o Governo arrecadará e que estará vinculada a esses gastos. Ou seja, teoricamente, o dinheiro arrecadado para a Seguridade, não poderia ser gasto com outras coisas.E quais são essas receitas? :Contribuições Previdenciárias ao INSS; Contribuição para o financiamento da seguridade social (COFINS); Contribuição Social sobre Lucro Liquido PIS / PASEP(destinado especificamente ao seguro desemprego); e Receita de concurso de prognósticos. Quando pegamos o total dessas receitas (a Dr.ª Denise Lobato fez este trabalho desde 1990 até hoje) e deduzimos as despesas com Saúde, Previdência Social e Assistência Social (o tripé), inclusive as despesas com burocracia, o que existe é um superávit é crescente, e atingiu um ponto máximo em 2012, quando tivemos 78 bilhões de reais de superávit previdenciário. Mas para onde está indo este dinheiro? Infelizmente, o Governo tem desviado esse superávit para gastar no orçamento fiscal. Dinheiro que deveria ser gasto na proteção social está sendo utilizado para outros fins. Quanto a longevidade patropi, outro engodo, senhores, pois embora de má fé, já que a ladainha do governo de que desde 1995, que a Previdência está quebrada porque o brasileiro envelheceu e, quando chega aos 55 anos, tende a viver até os 74, não cola, já que o próprio IBGE demonstra que a expectativa de vida do brasileiro não pode ser simplesmente tomada "em média" a nível nacional, dadas as enormes desigualdades regionais. Finalizando cumpre informar que números da própria Previdência informam que a média dos segurados urbanos que deixam pensão ao morrer é de 59,8 anos. Conclusão, o cidadão recolhe 11% durante 35 anos, se aposenta aos 65 anos e se tiver a sorte de viver até os 70, terá apenas reembolsado parte do que lhe foi retido pelo INSS e a gente volta a perguntar, onde está o rombo?




fonte: Da Redação



JBA anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Endereçamos votos de felicidades a querida Maria Luzia que trocou de idade recebendo o carinho e abraços dos amigos e familiares. Que Papai do Céu lhe cubra com o manto da  saúde e amor. Está acontecendo no estacionamento do Juba Supermercados, sito a Rua Padre Cassemiro, a Feira do Livro Espírita realizada pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes. A feira que teve início ontem reúne inúmeras obras dos mais renomados autores espíritas. O evento  segue até sábado das 9h às 21h. Vale conferir. Flores multicoloridas a nossa querida assinante Alzira Lindote, Dona Giroca, que acompanha todas as manhãs nosso matutino. Obrigada pela leitura e por todos esses anos prestigiando o nosso jornal.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados