Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 16 de Junho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Governo e comércio apresentam propostas sobre nova alíquota do ICMS
Data:17/11/2016 - Hora:13h00
Governo e comércio apresentam propostas sobre nova alíquota do ICMS
Assessoria

Governo e comércio apresentam propostas sobre nova alíquota do ICMS

 

 

Assessoria

 

A primeira reunião entre representantes do setor do comércio com o governo do Estado para debater a proposta de reforma tributária de Mato Grosso resultou no compromisso de ambas as partes apresentarem cálculos e sugestões para equacionar o problema da alíquota única de ICMS e o impacto que a mudança na forma da cobrança do imposto pode causar.

Coordenador-geral da Frente Parlamentar em Defesa do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o deputado estadual Oscar Bezerra (PSB) acompanhou  todo o debate e considerou que o entendimento já representa um avanço.

“O que queremos é chegar a um denominador comum. Como coordenador da Frente Parlamentar, estou aqui mais para ouvir do que para falar. Se o setor se sentir contemplado, ótimo. Nós resolvemos essa questão e passamos para os próximos pontos do texto da reforma, mas se tiver alguma impositividade por parte do governo sobre qualquer situação, não vamos aprovar”, ressaltou o deputado durante a reunião, realizada na semana passada,  na sede da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Titular da Pasta, o secretário Seneri Paludo reconheceu que o setor do comércio é um dos que podem sair prejudicados com as alterações, mas garantiu haver intenção por parte do governo de equacionar a questão da alíquota, que vem sendo apontada como o principal entrave na negociações.

Segundo ele, embora seja inevitável que alguns setores do comércio tenham que arcar com o aumento do ICMS, também haverá abatimentos, como no imposto praticado sobre a energia elétrica por exemplo. A ideia é que a carga tributária como um todo não sofra alteração no final das contas.

Acordo

A solução apontada pelos empresários para a questão da alíquota única para o setor do comércio foi um escalonamento da cobrança, ou seja, o novo percentual de ICMS para esta atividade não seria cobrado em sua totalidade já no primeiro ano da nova lei.

Os valores desta alíquota (que pode variar de 12% a 18%, de acordo com o secretário de Fazenda) e do percentual de escalonamento a ser praticado nos próximos anos devem ser sugeridos pelos próprios representantes do comércio, que se comprometeram a entregar uma proposta formal à Sefaz.

O governo do Estado, por sua vez, se comprometeu como setor a apresentar uma proposta para pagamento dos créditos que surgirão após a mudança na forma de cobrança referente ao estoque de produtos já adquiridos pelos empresários.

Acontece que atualmente o ICMS é arrecadado no momento em que o empresário adquire o produto. Com a reforma tributária, essa cobrança passará a ser feita somente no momento da venda. “Hoje o comércio tem um estoque para, pelo menos três meses. O governo não pode ficar esperando tudo isso ser vendido para só então voltar a arrecadar. Por outro lado, o comerciante não pode ser cobrado duas vezes pelo mesmo imposto”, explica o deputado Oscar.

Durante o encontro, o secretário de Fazenda admitiu que, para o setor, o ideal seria que este crédito fosse pago em uma única vez, assim que houver a mudança do sistema tributário. Pontuou, contudo, que o governo não tem condições de executar tal medida por conta crise financeira pela qual passa.

A proposta de Seneri é que esse crédito gerado seja parcelado pelo governo. A forma como esse parcelamento se dará também ainda será calculada e apresentada ao setor em outra oportunidade.




fonte: Assessoria



JBA anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
 Queridos amigos Luiz Catelan e Sebastiana (Batana), é com todo orgulho que cabe em nossos corações que felicitamos vocês pelas bodas de ouro. Durante esses anos souberam alimentar a  chama do amor, sendo exemplo e inspiração para muitos casais  e hoje cinquenta anos depois  vocês continuam dando lição do que é companheirismo, amor, respeito, carinho... Para nós do JCC é um prazer partilhar desse lindo momento,  e poder estar ao lado de vocês nessa comemoração  de Bodas de Ouro. Certamente foi um longo caminho, dias e dias de alegrias, algumas tristezas, mas sobretudo muito amor. Desejamos de coração muitas felicidades para tudo o que juntos  ainda viverão! E nesse brinde especial do JCC o melhor momento do grande dia... Parabéns a você Sônia Arruda Pinheiro do Amaral! Hoje é o seu aniversário e por isso é um dia de festa. Espero que celebre com muita alegria e encha o coração de gratidão e esperança para viver mais um ano de vida. Desejamos toda a felicidade do mundo, muito amor, sucesso e saúde para todos os dias. Você merece tudo de bom que acontecer, pois é uma pessoa especial. Feliz Aniversário! Os flashs hoje são especiais a você. Nas fotos com a filha Simone. Simpática sindicalista, a agricultora familiar Rafaela Cunha, Presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cáceres, já idealizando preparativos para o jubileu de ouro da sua base em 2020.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados