Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 19 de Novembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Entrevista com vereador eleito Rubens Macedo
Data:02/11/2016 - Hora:10h36
Entrevista com vereador eleito Rubens Macedo
Assessoria

A Assessoria de Comunicação da Câmara de Cáceres dá sequência na série de entrevistas com os vereadores eleitos e reeleitos no último dia 02 de outubro. Em forma de perguntas e respostas, os entrevistados falam de como foram suas campanhas, eleições e como pretendem atuar como vereadores que irão compor a nova gestão do Legislativo Municipal. Não há uma ordem para as entrevistas, que obedecem apenas às oportunidades em que vão sendo feitas.


O entrevistado de hoje é o vereador Rubens Macedo, eleito pela coligação PTB- PSD-PDT-PRB, com 856 votos. Ele está na política desde 1982 e conta que entrou neste caminho por acaso, em lugar de um irmão que desistiu de se candidatar a vereador. Nessa, não se elegeu, mas também não desistiu da ideia de servir ao município, tanto que, como suplente acabou depois assumindo parte do mandato. 
Rubens veio de Campo Grande para Cáceres ainda menino, junto com os pais, baianos, que possuíam terras. “Nós viemos em cima de um caminhão, o popular pau de arara”, conta Macedo. Descarregamos a mudança debaixo de um pé de cedro e um morador cedeu lugar para a gente morar, até meu pai abrir as terras que havia comprado na Barra Nova, no Caramujo”, lembra Rubens.

Ascom* – Quem é Rubens Macedo?

Rubens Macedo – Um cidadão cacerense, pai de quatro filhos e avô de dois netos. Tenho um empreendimento em Cáceres, mas a maior parte da minha vida foi na área pública, assumi por seis vezes uma cadeira na Câmara Municipal. Graças ao povo, estou de volta.

Ascom – A campanha foi o que o senhor esperava?

Rubens Macedo – Eu esperava bem mais, apesar de ter andado bem menos. Como tenho um sério problema na coluna, não consegui caminhar muito de casa em casa, mas fui ao maior número possível que consegui. Os cabos eleitorais foram os quatro que o comitê pagou, não tive carro de som, mas tive uma ajuda muito grande da minha família que saiu em campo. Até um filho que não gosta muito da militância política veio me ajudar na campanha, ao lado de meus irmãos, cunhadas, primos e sobrinhos. Contei ainda com a ajuda de muitos amigos, de todas os segmentos da sociedade. Graças a Deus sempre tive um bom eleitorado, por isso eu imaginava uma votação um pouco maior. Porém, eu já contava que não haveria votações expressivas, em razão do alto número de candidatos e uma alta abstenção prevista.

Ascom – Como deverá ser sua conduta em relação ao governo municipal?

Rubens Macedo – Boa. Trabalhei com o prefeito Francis como secretário, depois, tive a oportunidade de vir ajuda-lo na Câmara, como vereador, mostrando aos demais vereadores a importância de dar sustentabilidade ao administrador. Nas seis vezes em que fui vereador, nunca fui contra nenhum prefeito, sempre apoiei. Graças a Deus isso tem dado certo. O vereador está na Câmara para respaldar o prefeito no que achar necessário e fazer mudanças em projetos que achar viável, de acordo com seus pares.

Ascom – Com analisa a nova formação de vereadores?

Rubens Macedo – Parece que a população selecionou as pessoas para serem eleitas [de forma especial]. O povo foi mais sábio que nós candidatos. Foram excelentes escolhas, tanto com os novos vereadores, como com os reeleitos. Acredito que é uma boa formação, a população estará bem servida.

Ascom – O senhor é candidato à presidência da Câmara?

Rubens Macedo – Nós estamos trabalhando para fazer uma Mesa Diretora ocupada por vereadores que possam dar sustentação à administração municipal. Em conversa com todos os colegas, não encontrei nenhum que fale em oposição ao prefeito. Por isso, acredito que os que forem candidatos enfrentarão uma boa disputa. Se haver uma só chapa, o poder sairá fortalecido, os vereadores também. Todos ganham.

Ascom – O senhor colocará seu nome à disposição?

Rubens Macedo – A princípio não passava pela minha cabeça disputar a presidência. É um cargo espinhoso, qualquer irregularidade recai por sobre o presidente. Exemplo são ex-presidentes com ações na Justiça para que devolvam recursos altíssimos. O desgaste é natural, muito grande. Já fui presidente da Câmara e consegui fazer uma boa gestão, sem erros, com aprovação da população, tanto que, naquela época, nove vereadores conseguiram ser reeleitos. Se os demais vereadores entenderem que é importante a minha experiência, meu conhecimento, a minha forma de agir politicamente, eu estarei à disposição para ser o presidente da Câmara.

Ascom – Como o senhor pretende atuar em relação às comunidades?

Rubens Macedo – Vou fazer como sempre fiz, não vejo porque mudar. Eu atuo em todas as áreas, em tudo o que é importante para a cidade eu estou presente. Sou um vereador bastante atuante e por isso o número de pessoas que me procuram é muito grande também. Por essa linha eu me baseio e busco ajuda com o prefeito, deputados e os governos estadual e federal, para atender as reivindicações da população. Sempre fiz um trabalho voltado ao povo, de construção, buscando recursos para que obras importantes viessem a acontecer na cidade.

Ascom – O que está no caminho certo e o que precisa mudar em Cáceres?

Rubens Macedo – Precisamos rever algumas posições, leis. Por exemplo, o Tombamento da cidade: o perímetro tombado é muito grande, são 42 hectares de terras no Centro. O IPHAN pouco tem contribuído com esse patrimônio tombado. Deveriam ser tombados apenas os 49 prédios mais antigos. Havia um recurso de 900 mil reais para reformar o antigo prédio da Câmara. Perdemos, porque o IPHAN apresentou intermináveis exigências. Quando um empecilho era resolvido, eles apresentavam outro. O tempo passou e o município perdeu o recurso. A culpa é do IPHAN e vou atuar firmemente para que esta situação mude. Há muitos prédios particulares cujos proprietários querem mexer, mas o IPHAN dificulta a reforma, exigindo antropólogos por causa da possibilidade de haver ossos indígenas enterrados no subsolo. A não ser que eles tenham um estudo científico provando que osso de índio cura câncer, se tiver, tudo bem. Se não tiver, pelo amor de Deus! Não podemos cavar meio metro para fazer escoamento de água de torneira. Eles jogam muito duro, por isso, os proprietários deixam prédios inacabados, caindo, deteriorando há 200 anos. Não há incentivo.

Ascom – O que Cáceres pode esperar do vereador Rubens Macedo?

Rubens Macedo – Muito, muito trabalho. Estarei nos bairros, na periferia, nos distritos e na zona rural, ouvindo a população. Como político há tantos anos, vejo que a maior obra que o eleitor exige é atenção. O eleitor precisa ser ouvido, a partir disso podemos fazer muita coisa que contemple a população. Quero fazer um trabalho que possa complementar o que o município já vem fazendo na coleta, separação e reciclagem do lixo urbano. Precisamos envolver as escolas nisso. Quero repetir as grandes ações que promovi em mandatos passados, contribuindo com a construção de asfalto, escolas, praças, rede de energia elétrica e muitas outras obras.

Ascom – Para finalizar, algum agradecimento?

Rubens Macedo – Sim, quero agradecer toda a população de Cáceres. O trabalho que desenvolvi em 12 anos como vereador é um passaporte para a minha conduta. Nunca fiz nada que possa me envergonhar. Sempre pautei pela honra, do meu cargo, da minha família, de meus eleitores e de todo o povo de Cáceres. A população pode ter certeza de que continuarei trabalhando com muita honestidade e seriedade, retribuindo com muitos trabalhos importantes, a partir do ano que vem.

*Ascom é Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal




fonte: Assessoria



AREEIRA JBA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
 Trabalhando na nova coleção para exposição 2018 na Austrália, o artista plástico Sebastião Mendes. A exposição acontecerá em Sidney com a curadoria da marchand Sandra Setti. Talento sabemos que tem de sobra, só nos resta desejar muito mais sucessos.    O click de hoje vai para a gatinha Eloah Valentina, que encanta com seu jeitinho sapeca de ser. Beijinhos!!! Em festa ontem Joaquim Sodré marcou mais um golaço no placar da vida e recebeu o carinho especial dos amigos e familiares. Que Deus lhe conceda um ano de realizações e muita saúde.  Parabéns pra você!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados