Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Dia do Professor. Comemorar o que?
Data:15/10/2016 - Hora:08h00
Dia do Professor. Comemorar o que?
Reprodução Web

Hoje, 15 de outubro comemora-se no Brasil o Dia do Professor. A palavra professor vem do latim "pro fides", que significa aquele que dá fé, aquele que inspira confiança.  Na data destinada a classe mais importante de um País, pois é ela que tem a missão de formar e preparar todas os profissionais que vão exercer outras profissões,  parece injusto desejar-te um feliz Dia do Professor, quando em teu dia a dia tantas dificuldades enfrentam em sala de aula e fora dela, salários baixos, falta de respeito, condições precárias das escolas públicas. Ao professor de hoje não basta apenas saber ensinar, ele precisa ser malabarista pra sobreviver dentro de sala de aula, tamanho é o desrespeito, malabarista pra ensinar sem material necessário para desenvolver seu trabalho, malabarista para sobreviver com o salário que recebe, sendo que deveria ser o profissional mais bem pago, uma vez que é pelas mãos desse profissional que passam todas as profissões.

Mas nem sempre foi assim, a profissão de professor em qualquer nível de ensino já foi valorizada e o profissional tinha um certo status na sociedade, eram respeitados em sala de aula e fora dela.  Mas são tempos passados...Infelizmente, os valores que existiam no mundo educacional e familiar foram totalmente perdidos, entre eles, o mais precioso, o respeito ao professor, dissipou-se como gotículas de água em asfalto fervente. Além da perda do respeito, o aluno de hoje vê o professor como um ser descartável e fora da realidade dominada pela velocidade da informação, muitas de baixa qualidade desprovida de lastro, atrativa, colorida e sonora que lhe chega através dos mais variados produtos eletrônicos de bolso, facilmente carregados para o ambiente escolar.

Muito triste constatar a realidade que o professor amarga com o desrespeito e a falta de valorização, que não é somente problema das escolas públicas ou nível fundamental e médio, mas de universidades também tanto no publico e no privado, porém o professor das escolas públicas tem o benefício da estabilidade trabalhista, enquanto que os do ensino privado que é um prestador de serviço, conforme reclamações dos alunos e pais, podem muito facilmente ser substituído do quadro de funcionários. Chega-se ao absurdo de pais reclamarem de que o professor está ensinando coisas muito difíceis.

E mesmo diante dessas questões o professor todos os dias está firme em seu propósito de ensinar, sabendo que em sala pode ser ameaçado, como tantos fatos que já foram noticiados na mídia. Mesmo diante desses desafios vemos e assistimos professores naquela escola sem condições nenhuma fazendo projetos brilhantes e resgatando o ensino tão desacreditado no país.

A esse profissional, que encara todas essas adversidades, nosso carinho, nosso respeito, nossos aplausos não só hoje, mas nos 365 dias do ano. Parabéns por ter escolhido essa profissão que é o berço de todas as outras. Bom dia!!!

 




fonte: Da Redação



anuncie AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
 Trabalhando na nova coleção para exposição 2018 na Austrália, o artista plástico Sebastião Mendes. A exposição acontecerá em Sidney com a curadoria da marchand Sandra Setti. Talento sabemos que tem de sobra, só nos resta desejar muito mais sucessos.    O click de hoje vai para a gatinha Eloah Valentina, que encanta com seu jeitinho sapeca de ser. Beijinhos!!! Em festa ontem Joaquim Sodré marcou mais um golaço no placar da vida e recebeu o carinho especial dos amigos e familiares. Que Deus lhe conceda um ano de realizações e muita saúde.  Parabéns pra você!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados